Ponto e Vírgula 08/12/2022

Ponto e Vírgula 08/12/2022

Sobe - Vereador José Carneiro Rocha, pela articulação política que ensejou a aprovação da Suplementação Orçamentária.

Desce - O descontrole do final de mandato do Governo Federal na área econômica, onde fica provado que Paulo Guedes não é tão "Posto Ipiranga" assim, como era denominado pelo presidente.

O mau é mau

O poeta e cantor paraibano Chico César, na música "Deus me proteja" em um dos versos da primeira estrofe suplica "Deus me proteja da bondade da pessoa ruim". Fico imaginando o que quis dizer o poeta, e acho que significa que, quando a pessoa ruim faz uma bondade, é porque essa lhe serve de pano de fundo para praticar coisas bem ruins.

Zé Carneiro

Ontem (7), o governo do Município impôs uma grande vitória ao conseguir aprovar uma nova suplementação para fechar as contas do orçamento de 2022. A aprovação em segunda votação, já que houveram duas sessões para votações. O percentual pedido, 30%, foi votado com integralidade do pedido, com apoio de 12 votos na Câmara. Isso enseja algo em torno de 400 milhões. É bom deixar registrado que o grande maestro para consolidação dessas últimas votações é o vereador José Carneiro Rocha (MDB), que conseguiu provocar um "racha" nos independentes, que teve como resultado as últimas vitórias no parlamento. As votações se encerraram às 11h30, e logo, às 12h53, foi publicada em edição extra do Diário Oficial do Município.

Mais um

Fazem 15 dias, que registramos aqui nesta coluna, políticos que já manifestaram intenção de se candidatarem a prefeito em 2024. Para lembrar: Zé Curuca (UB), Rei Nelsinho (PRTB), Fernando Torres (PSD), Galeguinho SPA (PSB), e agora, anunciado no domingo pelo radialista Silvério Silva, um novo nome, que tem a mesma intenção. Trata-se de Maicon Bilau (Avante). Isso quer dizer que Bilau agora decidiu estar entre os outros candidatos.

Bruno Dantas

O ministro Bruno Dantas, que está exercendo a presidência do TCU interinamente, dia 14 de dezembro, uma quinta-feira, assumirá em definitivo o mandato de presidente. Bruno Dantas, que tem cidadania feirense, quando jovem, teve seus estudos primários e secundários no município. (Bahia na Política)

Apelo

Um apelo especialmente dirigido aos engenheiros e arquitetos de Feira: "não retirar do ambiente todos os elementos naturais para erguer as construções humanas". Quem faz o pedido, e ao mesmo tempo uma advertência, é o ambientalista Horácio Amorim, autor do livro "Casa Verde, os Caminhos da Ecologia", lançado recentemente nesta cidade. Ele esteve na Câmara, usando a Tribuna Livre, para apresentar a publicação aos vereadores e também alertá-los à importância de ampliar a fiscalização do Poder Legislativo, no combate aos crimes contra a natureza neste Município.

Atraso

As empresas cooperativas da Prefeitura Municipal estão sem realizar o pagamento dos funcionários da saúde em Feira de Santana. De acordo com o vereador Pedro Cícero (Republicanos), há 15 dias, antes da votação dos pedidos de suplementação orçamentária, o prefeito Colbert Martins Filho colocava a culpa no atraso do pagamento dos salários na Câmara Municipal, mas os projetos já foram votados e o prefeito já tem acesso aos valores suplementados.

Denúncias

Denúncias referentes à situação do lixo e do esgotamento sanitário em Feira de Santana, bem como às demais mazelas que atingem os rios Jacuípe e Paraguaçu e o lago de Pedra do Cavalo devem ser investigadas em breve, pela Promotoria de Meio Ambiente do Ministério Público da Bahia. Isso porque o vereador Jurandy Carvalho (PL) se reuniu com o promotor da pasta, Dr. Ernesto Cabral, na terça (6), pela manhã.

Decoração natalina

A ausência de ornamentação natalina ou de qualquer outro atrativo, por parte da Prefeitura, prejudica o movimento no centro comercial de Feira de Santana. A análise é do vereador Sílvio Dias (PT), que falou sobre o tema na sessão de hoje da Câmara. "Nem uma lâmpada, um enfeite, nada, justamente no momento em que o comércio mais necessita, tentando sair de uma crise após o período mais crítico da pandemia. A cidade está triste", reclama. Segundo ele, não há falta de recurso para este investimento, na medida em que nem mesmo foi necessário incluir a Secretaria de Cultura nos projetos de suplementação orçamentária do Governo Municipal, recentemente aprovados no Legislativo. 

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 03 Fevereiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/

Cron Job Iniciado