Ponto e Vírgula 09/06/2023

Ponto e Vírgula 09/06/2023

Sobe - A criatividade dos fiéis católicos ao fazerem tapetes da fé, que enfeitaram a cidade, no feriado de Corpus Christi.

Desce - As péssimas condições das instalações sanitárias do estádio Joia da Princesa.

COELBA

Com vencimento em 2027, a concessão da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) pode não ser renovada. A concessionária está na mira dos deputados estaduais baianos e foi o alvo prioritário das reclamações durante a audiência pública promovida pela Comissão de Agropecuária da ALBA. O presidente da Comissão, Manoel Rocha (União), destacou que a ineficiência energética é o principal entrave para o crescimento do agronegócio na Bahia. Ele apontou também que a insatisfação com a Coelba é generalizada entre os colegas de Casa, sejam eles da situação ou oposição, e até mesmo do governo, o que, segundo ele, facilitaria a adoção de medidas mais drásticas contra a distribuidora.

Cidadão feirense

Na noite da última quarta-feira (8), o fundador do Instituto Nacional de Desenvolvimento em Administração Pública (Indap), Josivaldo Jildeon Santana Silva, ganhou o título de cidadão feirense. Outorgado em sessão solene promovida pela Câmara Municipal de Feira de Santana, um projeto de autoria do vereador Jurandy Carvalho (PL). Josivaldo é Formado em Administração e pós-graduado em gestão pública e controladoria, o homenageado gera emprego e renda ao prestar serviços à Feira de Santana e diversas outras cidades baianas através do Indap. Foi anunciado também na sessão solene, que ele pleiteará um cargo na Câmara, em 2024.

CNJ

O promotor de Justiça João Paulo Schoucair venceu a eleição na quarta-feira (6), para compor a lista de nomes que concorrerão à indicação para a vaga do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para o biênio 2024/2026. Schoucair, que atualmente é conselheiro, foi indicado pela procuradora-geral de Justiça Norma Cavalcanti como candidato à recondução a uma vaga destinada aos Ministérios Públicos estaduais. Com a indicação da Procurador-Geral de Justiça (PGJ), Schoucair ganhou com 481 votos, sendo 74,57% dos votos válidos.

Desconversou

O governador Jerônimo Rodrigues (PT) voltou a falar sobre as eleições municipais, e optou por não cravar nem citar nomes de candidatos da base para concorrer às eleições 2024. "Estamos numa fase de escolhas de nomes para ocupar os cargos e, acho que estaremos nisso em junho todo e, em julho devemos reunir o conselho político para debater não apenas Salvador. Vamos debater o estado da Bahia e, quem vai puxar isso são os partidos e, eu vou obedecer a lógica", declarou o petista.

Rui se desculpou

O ex-governador da Bahia e ministro da Casa Civil, Rui Costa (PT), pediu desculpas pelas declarações em que citou Brasília como uma "ilha da fantasia" durante agenda em Itaberaba, no interior da Bahia, na semana passada. Em publicação nas redes sociais na quarta-feira (7), o ministro afirmou que demonstrou sua "inconformidade" com os processos na unidade federativa. "Estava em Itaberaba, na Bahia, num evento de entrega de mais um hospital. Lá, desabafei e demonstrei minha inconformidade com o processo de escolhas e decisões tomadas. Ao citar Brasília como centro do poder político, não fui feliz nas minhas palavras, o que permitiu que alguns transformassem a minha declaração em um ataque à cidade ou ao seu povo", afirmou Rui Costa.

Rui e Wagner

Integrantes da cúpula do PT e dos principais partidos da base governista afirmam que as relações entre o senador Jaques Wagner e o ministro da Casa Civil, Rui Costa, atingiram o mais alto nível de desgaste desde a crise em torno da chapa majoritária do Palácio de Ondina para sucessão estadual de 2022. Em conversas reservadas com a Satélite, aliados de Wagner e Rui admitem que o clima entre ambos é de rompimento tácito irreversível. Internamente, o senador não poupa críticas à atuação do ministro na esfera política do governo Lula e atribui ao chefe da Casa Civil a imensa maioria das dificuldades enfrentadas pelo Planalto no Congresso. "Wagner já deixou claro a interlocutores mais próximos que vai manter distanciamento em relação a Rui e que se recusa a participar de eventos públicos ao lado dele", confidenciou um influente cardeal do PT baiano.

Negociação

pós ter seu mandato na Câmara cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Deltan Dallagnol (Podemos-PR) está em negociações com o seu partido para receber um salário equivalente ao de um deputado federal, que atualmente é de R$ 41,6 mil. A informação é do colunista Igor Gadelha, do site Metrópoles. De acordo com fontes próximas ao ex-procurador e ao Podemos, Dallagnol já discutiu essa questão com a presidente nacional do partido, a deputada federal Renata Abreu (SP). 

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 21 Mai 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/