Carteira de Identidade Nacional começa ser emitida em Goiás

BrasilDocumento

Carteira de Identidade Nacional começa ser emitida em Goiás

Modelo já foi adotado no Acre e no Rio Grande do Sul

Crédito: Assessora de Comunicação Secretaria Especial de Modernização do Estado

A população de Goiás passou a ter acesso à Carteira de Identidade Nacional (CIN). O documento, que tem como único número de identificação do cidadão o CPF, já vem sendo emitido, desde julho, no Rio Grande do Sul. E, desde agosto, no Acre.

O primeiro município goiano a entregar a nova carteira foi Cavalcante, localizado na Chapada dos Veadeiros. Segundo o Ministério da Economia, "outros três pontos do estado já podem ser procurados para a emissão: unidades Vapt-Vupt da Praça Cívica, em Goiânia (na Praça Dr. Pedro Ludovico Teixeira), e do Anashopping de Anápolis (na Avenida Universitária, 2045), além do posto da prefeitura de Alexânia (Rua 15 de Novembro, nº 6)".

O novo documento tem, além dos modelos em papel e plástico, uma versão no formato digital, que pode ser obtida gratuitamente por meio do aplicativo Gov.br. A versão digital pode ser usada nos casos em que a pessoa tenha perdido ou esquecido o documento físico.

"Após a emissão do documento nos órgãos de identificação, o cidadão deve baixar em seu celular o app Gov.br e fazer login no aplicativo inserindo usuário e senha. Na tela inicial, aparece o ícone 'Carteira de documentos', bastando clicar no botão '+', escolher 'Carteira de Identidade' e ir em "Adicionar Documento' para ter acesso à CIN", informou o Ministério da Economia.

Por meio de um QR Code disponibilizado no novo modelo, é possível verificar a autenticidade do documento, além de saber se foi furtado ou extraviado. Para fazer a checagem, basta ter em mãos um aparelho celular. Ele serve também como documento de viagem, já que possui um código de padrão internacional chamado MRZ.

"Até o momento, o Brasil dispõe de acordos para uso do documento de identidade apenas nos postos imigratórios de países do Mercosul. Portanto, para os demais países, o passaporte continua sendo obrigatório", alerta o Ministério da Economia.


Com informações da Agência Brasil.

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 06 Dezembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/

Cron Job Iniciado