Chefe do tráfico é preso no Maracanã durante Fluminense e Fortaleza

BrasilPreso

Chefe do tráfico é preso no Maracanã durante Fluminense e Fortaleza

Ele é apontado como um dos autores do sequestro e da morte de três meninos e

Crédito: Divulgação

Apontado como chefe do tráfico de drogas na comunidade do Castelar, em Belford Roxo, no Rio de Janeiro, Marco Aurelio dos Santos Rocha, conhecido como Foka, foi preso na noite desta quarta-feira (17), no estádio do Maracanã.

Segundo informações do SBT News, ele assistia a partida entre Fluminense e Fortaleza pelas quartas da Copa do Brasil, quando policiais militares o reconheceram na torcida e efetuaram a prisão. À CNN Brasil, a Secretaria de Estado da Polícia Militar informou que recebeu informações do Setor de Inteligência de que Foka estaria no local.

"Os policiais juntamente com equipes do BEPE localizaram e detiveram o criminoso, que é responsável por homicídios ocorridos na área de atuação do 39º BPM", informou a secretaria, por meio de nota. As autoridades informaram ainda que Foka, que foi encaminhada para a 19ª Delegacia de Polícia Civil do Rio de Janeiro, estava foragido e tinha dois mandados de prisão em aberto.

De acordo com o SBT News, Rocha é apontado como um dos responsáveis pelo sequestro e morte de três crianças, em Belford Roxo, no fim de 2020. Segundo a polícia, Alexandre da Silva, de 10 anos, Fernando Henrique, de 11, e Lucas Matheus, de 8 anos, foram mortos pelo tribunal do tráfico, por conta do furto de um passarinho. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 04 Outubro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/