Mulher mantida em cativeiro é salva após filho levar bilhete para escola

BrasilCárcere

Mulher mantida em cativeiro é salva após filho levar bilhete para escola

O caso aconteceu em Minas Gerais 

Crédito: Divulgação/PMMG

Uma mulher de 31 anos, que era agredida e mantida em cativeiro com os quatro filhos - de seis, oito, 10 e 12 anos - em Minas Gerais, foi resgatada pelas autoridades.

A operação aconteceu na zona de Engenheiro Caldas, após a vítima enviar, por via do filho de 10 anos, um bilhete com um pedido de socorro, que acabou sendo entregue à diretora da escola que a criança frequenta, reporta o 'G1'.

As autoridades revelam que, na carta, a mulher relatava estar sendo mantida em cativeiro e sendo vítima de ameaças, maus-tratos e agressões físicas e psicológicas, juntamente com os filhos. O agressor, segundo ela, era o companheiro, de 33 anos.

A Polícia Militar começou as buscas, após este alerta, que permitiram localizar as vítimas numa casa na zona rural do município.

Visivelmente nervosa, esta mulher revelou que vivia com o companheiro, numa "união estável", há já cerca de 10 meses, e que ele sempre foi agressivo - relatando agressões com facas, ameaças com armas de fogo, entre outros.

Segundo os relatos da polícia, o companheiro proibia ainda o adolescente e as três crianças de brincar e de estudar, sendo forçados a trabalhar. A mulher, por sua vez, estava proibida de sair de casa e só podia usar roupas que o suspeito autorizasse. Chamadas para os familiares, por outro lado, apenas eram permitidas se fossem mantidas em viva-voz. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 22 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/