PGR solicita ao STF liberdade de 12 pessoas suspeitas de envolvimento nos atos de 8 de janeiro

BrasilAtaques em Brasília

PGR solicita ao STF liberdade de 12 pessoas suspeitas de envolvimento nos atos de 8 de janeiro

Segundo a PGR, não há indícios de que essas pessoas praticaram atos de vandalismo

Crédito: Divulgação

A Procuradoria-Geral da República (PGR) solicitou ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, a soltura de 12 pessoas presas por suspeitas de participação nos ataques golpistas do dia 8 de janeiro, quando os bolsonaristas invadiram e depredaram as sedes dos três Poderes, em Brasília.

Segundo a PGR, não há indícios de que essas pessoas praticaram atos de vandalismo contra as sedes dos Três Poderes. O órgão ainda argumenta que elas [as pessoas] se encontravam apenas acampadas em frente ao QG do Exército em Brasília.

A Procuradoria ainda pede que a prisão preventiva seja substituída por outras medidas restritivas. Além de sugerir que os suspeitos sejam proibidos de frequentar qualquer estabelecimento militar, mantendo uma distância de 500 metros, e também a proibição de manter contato com outros denunciados "testemunhas ou pessoa que tenha estado acampada incitando intervenção militar". 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 23 Fevereiro 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/