Feira de Santana registra geração de mais de 6 mil empregos formais em 2023

Concurso e EmpregoSegundo Caged

Feira de Santana registra geração de mais de 6 mil empregos formais em 2023

O valor, até o momento, é menor que o registrado pelo município em 2022 

Crédito: Izinaldo Barreto/Secom/PMFS

O município de Feira de Santana registrou em todo ano de 2023 a geração de 6.138 empregos formais (com carteira assinada), segundo dados revelados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), ferramenta do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) nesta terça-feira (30). O número é resultado de 54.648 admissões contra 48.510 demissões. Os dados ainda não sofreram revisão, o que pode aumentar ou diminuir o desempenho da cidade. O ano de 2023 encerrou com estoque de 130.357 trabalhadores feirenses com vínculos celetistas ativos, ou seja, trabalhando com CTPS assinada.

O valor, até o momento, é menor que o registrado pelo município em 2022, quando o Caged registrou, com dados já revisados, a geração de 7.287 empregos formais, uma redução de 15%. Na análise por setor da economia, a Construção registrou saldo positivo de 390 postos de trabalho, com 6.149 admitidos e 5.759 desligados. A Agropecuária, com 440 contratações e 376 demissões, fechou o ano com saldo de 64 empregos gerados, Indústria, com 6.418 admissões e 6.096 demissões, teve saldo de 322 postos gerados, Comércio, com 16.069 admissões e 15.043 demissões, registrou saldo de 1.026 postos de trabalho e Serviços, com 25.572 contratações e 21.236 desligamentos, encerrou ano de 2023 com saldo positivo de 4.336 empregos formais gerados.

Panorama de dezembro

Na análise do mês de dezembro, o Caged aponta que houve saldo negativo na empregabilidade em Feira de Santana. Com 3.501 admissões contra 3.898 demissões, o último mês de 2023 não manteve a tendência do restante do ano e registrou saldo de – 397.

Todos os setores da economia registraram saldo negativo em dezembro de 2023. Na Construção foram 316 admitidos e 468 demitidos, com saldo de - 152. A Agropecuária, com 21 contratações e 56 demissões, fechou o mês analisado com saldo de - 35, Indústria, com 355 admissões e 418 demissões, teve saldo de - 63 postos de trabalho gerados, Comércio, com 1.201 admissões e 1.305 demissões, registrou saldo de - 104 postos de trabalho e Serviços, com 1.608 contratações e 1.651 desligamentos, encerrou o mês de dezembro com saldo negativo de 43.

Em dezembro de 2023, o salário médio nacional de admissão em foi de R$ 2.026,33. Comparado ao mês anterior, houve redução real de R$ 6,52, uma variação em torno de - 0,32%. Na Bahia, esse valor foi de R$ 1.801,24 em dezembro, salário que registrou uma variação de -0,67% com relação ao mês de novembro.

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 15 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/