Aos 89 anos, Ziraldo é tema de documentário dirigido pela filha

Cultura e EventosEra Uma Vez Um Menino

Aos 89 anos, Ziraldo é tema de documentário dirigido pela filha

O relato é entrelaçado por sua vasta produção 

Crédito: Divulgação
Em 24 de outubro, Ziraldo completa 89 anos de uma vida profissional intensa como cartunista, pintor, escritor, dramaturgo, poeta, cronista, apresentador e jornalista.

Referência nos quadrinhos e na literatura infantil, é dele um dos personagens brasileiros mais célebres, o "Menino Maluquinho". Como presente para o público poucos dias após seu aniversário, o artista tem sua trajetória retratada no documentário "Ziraldo – Era Uma Vez Um Menino", dirigido por sua filha Fabrízia Pinto.

Viabilizado pelo Curta! através do Fundo Setorial do Audiovisual, o filme será exibido pela primeira vez na 45ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, em sessões nos dias 2 e 3 de novembro. Depois disso, passará por outros festivais até estrear na TV, com exclusividade, no canal Curta!, em 2022.

Dirigido por Fabrízia Pinto ("Menino Maluquinho 2: A Aventura", 1998 – codireção; "Beleza S/A", 2013; "Motel", 2016), o documentário conta a história de Ziraldo através de depoimentos e entrevistas concedidos por ele mesmo, ao longo de mais de 40 anos. Assim como sua vida se confunde com sua obra, o relato é entrelaçado por sua vasta produção. O artista, com sua própria voz e emoção, também faz reflexões sobre temas como processo criativo, os personagens que criou, família, política e a situação do Brasil. O roteiro é de Fernanda Polacow e Julia de Abreu; fotografia de Carlos Chaves, Tomaz Viola; montagem de André Alves Pinto e Gustavo Ribeiro; música de Antonio Pinto e produção de Marcela Sá e Nina Luz.

"Ziraldo – Era Uma Vez Um Menino" é um filme da Lumen Produções. Durante a Mostra SP, estará na categoria "Apresentação Especial", que conta com filmes de realizadores renomados com temáticas especiais, clássicos restaurados, curtas-metragens, obras que tratam de assuntos urgentes e que são, por vezes, inclassificáveis. Além dos trabalhos das personalidades homenageadas pela Mostra, a "Apresentação Especial" faz um apanhado múltiplo e polifônico do panorama cinematográfico atual. É de uma obra de Ziraldo a imagem que ilustra o cartaz e a vinheta desta edição da Mostra.
 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 07 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/