Receita Federal anula isenção fiscal que governo Bolsonaro deu a igrejas

EconomiaImpostos

Receita Federal anula isenção fiscal que governo Bolsonaro deu a igrejas

Anulação faz com que pagamentos de igrejas a pastores voltem a ser considerados remunerações 

Crédito: Divulgação

A Receita Federal anulou a isenção fiscal que o governo Bolsonaro deu a igrejas em 2022. Anulação faz com que pagamentos de igrejas a pastores voltem a ser considerados remunerações. 

Na prática, a medida obriga as igrejas a pagarem mais impostos. O texto foi publicado nesta quarta-feira (17) no Diário Oficial da União.

Pela norma do governo Bolsonaro, só o dinheiro pago por prestação de serviços e aulas era tido como salário. Agora imposto de renda e contribuição social vão incidir sobre qualquer pagamento.

Isenção dada às igrejas aconteceu às vésperas das eleições, em agosto de 2022. A fatia do eleitorado evangélico também é uma das parcelas da sociedade na qual o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) tem mais apoio. 

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 20 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/