Obra da escola Cívico-Militar em Feira de Santana chega a 96% de execução

EducaçãoFeira de Santana

Obra da escola Cívico-Militar em Feira de Santana chega a 96% de execução

Unidade irá contar com laboratórios e quadra poliesportiva

Rafael Carvalho/PMFS

Falta pouco para que os estudantes da Escola Municipal Cívico-Militar 15 de Novembro, no distrito de Jaíba, possam desfrutar da nova estrutura. Uma unidade escolar totalmente nova foi construída com o objetivo de atender melhor os estudantes da região. Com espaços amplos, o prédio tem a capacidade de atender até 1.050 alunos.

A obra já alcançou 96% de execução dos serviços, atualmente concentrados em retoques de pintura, serralheria, tubulação da estação de tratamento de esgoto e testes de funcionamento do ar-condicionado.

A unidade de ensino dispõe de 16 salas de aula, duas delas dedicadas aos laboratórios de Ciências, Matemática e Robótica para que os estudantes possam aprofundar os seus conhecimentos. Há também uma sala de recursos multifuncionais, espaço dedicado a realização do atendimento educacional especializado para os estudantes com deficiência; um auditório confortável com capacidade para 180 pessoas, pátios interno e externo, quadra poliesportiva coberta com vestiários, cozinha, cantina e refeitório com 120 lugares e área administrativa.

A escola oferece acessibilidade a pessoas com dificuldade de locomoção, com rampas de acesso, piso tátil e sanitários adaptados. Além disso, a escola também possui uma entrada exclusiva para ônibus escolar para maior segurança e praticidade na chegada e saída dos estudantes. Uma central de ar para os aparelhos de climatização assegura um melhor desempenho de refrigeração para os ambientes proporcionando mais conforto durante as atividades.

"Seguindo o padrão de todas as escolas que estão sendo construídas, ampliadas ou reformadas, a Cívico-Militar dispõe de uma infraestrutura moderna e ambientes espaçosos e agradáveis, com quadra de esportes, biblioteca, laboratórios e recursos tecnológicos. Todas as condições necessárias para que as atividades escolares sejam mais atrativas, influenciando diretamente para bons resultados no aprendizado e no desenvolvimento dos alunos", destaca a secretária de Educação, Anaci Paim.

A expectativa dos alunos é grande. Para a estudante Ana Clara Costa Bezerra, a construção de uma nova escola deve beneficiar toda a comunidade. "Espero que o ensino seja ainda melhor do que o que já é, porque estaremos em um ambiente mais amplo, com mais ambientes. Isso vai ajudar no desenvolvimento dos estudantes e deve alcançar todo o entorno também", considera.

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 15 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/