ENEM: especialista dá dicas para manter concentração nos estudos

EducaçãoReta final

ENEM: especialista dá dicas para manter concentração nos estudos

Manter uma rotina saudável e preparar o ambiente são dicas importantes

Crédito: Divulgação

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é um momento importante para muitos jovens. Mais de 320 mil baianos irão fazer a prova nos próximos dias 5 e 12 de novembro, segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). E adotar a melhor forma de estudo nesta reta final pode ser um diferencial para conseguir a tão sonhada aprovação na universidade.

Para Sâmia Paula Santos, professora do curso de Pedagogia da Universidade Salvador (UNIFACS), o aluno deve se preparar antes mesmo de iniciar os seus estudos. "Sempre, antes de fazer uma prova ou começar a estudar, é importante garantir que está com suas necessidades fisiológicas satisfeitas, por exemplo, que esteja hidratado, alimentado, tenha ido ao banheiro. Ter uma boa noite de sono também é essencial para garantir a concentração nos estudos", diz a especialista.

O ambiente é algo que deve ser preparado com cuidado pelo estudante. Conforme a pedagoga, o local, preferivelmente, deve ser bem iluminado, ventilado, possuir assento confortável e, se possível, longe de barulhos, como o som de televisão ou de pessoas conversando. "Isso é importante para aproveitar da melhor maneira esse momento de aprendizado e ter um melhor rendimento. Caso não seja possível encontrar este espaço dentro de casa, uma sugestão é ir a uma biblioteca, sala de estudo ou mesmo algum outro local dentro da escola", sugere a professora.

Acesso a redes sociais

Outra dica é evitar o acesso as redes sociais nos momentos de estudo. A pedagoga diz que o candidato pode estabelecer um tempo sem acesso e apenas usá-las nos momentos de intervalo. A ideia é evitar a interrupção do raciocínio e da concentração. Durante o tempo de revisão dos conteúdos é importante estabelecer, também, pausas para descanso. "A pausa deve ser personalizada de acordo com o ritmo de estudo de cada um. Um jovem que consegue manter um ritmo de estudo de 4 ou 5 horas por dia, por exemplo, pode realizar uma pausa a cada 30 minutos ou a cada hora. O importante é manter um calendário de estudos de modo a garantir que todos os conteúdos sejam revisados até uma semana antes da realização da prova", sugere a docente.

Preparação para a prova

Sâmia Paula Santos alerta para a necessidade de o candidato descansar nos dias que antecedem as provas do Enem. Entre as boas práticas o candidato pode adotar na preparação para a prova, estão: evitar estudar ou memorizar novas informações; descansar bastante; cuidar das horas de sono; criar uma rotina de atividades físicas e se alimentar da melhor forma possível.

"Quando o candidato estuda até a véspera, ele submete o cérebro a uma condição de exaustão devido a privação de sono e, em algum momento, o corpo vai precisar repor essa energia devido a fadiga mental. Essa compensação pode acontecer justamente na hora da prova", alerta a profissional.

Além disso, durante o período de estudo, é importante que o aluno faça simulados com provas anteriores do Enem, com tempo cronometrado, para que ele ganhe experiência e possa criar melhores estratégias para administrar o tempo no dia do exame.

Na hora da prova

Para fazer a prova, o ideal é que o aluno utilize roupas frescas e confortáveis e consuma alimentos leves e saudáveis. É importante também levar água, ao menos duas canetas pretas e alimentos com alto valor energético.

Na hora da prova, a dica é começar pelas questões das disciplinas que o aluno tem mais dificuldade. "Isso ajuda a aproveitar melhor o tempo, além de que quando for fazer as questões das disciplinas que tem mais afinidade, o candidato possa lembrar da resposta de alguma questão cobrada na prova das disciplinas que ele tem menos afinidade", diz. A docente ainda orienta que o aluno marque com interrogação as questões sobre as quais tem dúvidas e retornar a elas depois.

Por fim, caso o aluno tenha o famoso "branco" na hora da prova, é importante manter a calma e buscar um ponto de equilíbrio para que isso não atrapalhe o seu desempenho. "O Enem possui muitas questões, com diferentes níveis de complexidade. Caso isso aconteça, o aluno pode beber uma água, pedir para ir ao banheiro ou fazer algum exercício de respiração de forma a favorecer o funcionamento do cérebro e não criar mais ansiedade e nervosismo no candidato", finaliza a professora. 

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 26 Fevereiro 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/