Parangolé com Tony Salles arrasta multidão no Campo Grande

Carnaval'Solta o Parango!'

Parangolé com Tony Salles arrasta multidão no Campo Grande

Cantor fez homenagem aos garis: 'guerreiros'

Crédito: Alfredo Filho/Secom/PMS

Nesta sexta-feira (9), durante o segundo dia oficial do Carnaval de Salvador, o cantor Tony Salles, à frente da banda Parangolé há uma década, decidiu prestar uma homenagem especial aos garis na passagem do seu trio sem cordas pelo Campo Grande.

"Na verdade, é um carinho que estou retribuindo a eles, porque sempre vejo eles fazendo homenagens para nós, estão sempre postando as nossas músicas, desde 'Abaixa Que é Tiro' para cá. São guerreiros, e merecem todo carinho da gente, não só dos artistas, mas de toda população, porque você sabe o quanto essa galera trabalha duro e são fundamentais para a gente no dia a dia. Sem eles a nossa vida seria uma loucura", disse Tony, pouco antes de subir ao trio.

"Esse momento com eles aqui em cima do trio é uma justa homenagem, e eu só quero poder abraçá-los e levar um pouco de alegria para eles através da minha música", acrescentou.

Além da homenagem aos garis, o cantor comemorou o período à frente do grupo Parangolé, destacando o recente sucesso da parceria com Léo Santana. "São 10 anos de uma história maravilhosa. Agora, fizemos um feat com um cara que tem uma história incrível com o Parangolé, que é o Léo Santana. A música hoje é a que mais toca no Carnaval, e a gente já tinha sentido isso um pouco antes quando a gente viu que ela estava batendo muito no digital, nas redes sociais. A gente está super feliz e realizado com o que está acontecendo", contou.

Na ocasião, o cantor também comentou a valorização por parte da Prefeitura de Salvador no Carnaval do circuito Osmar. "Tudo isso é muito importante para o Campo Grande e a gente só tem que agradecer", completou Tony Salles.

O presidente da Limpurb, Omar Gordilho, demonstrou gratidão pela homenagem feita pelo cantor aos garis: "Ficamos imensamente felizes quando recebemos uma homenagem como essa. Primeiro, porque o trabalho que nossos agentes fazem durante o ano inteiro, e, em especial, durante o Carnaval, já é algo nobre. Segundo, porque a repercussão que isso toma, em um evento de escala global como o Carnaval, só contribui ainda mais para apresentar e fortalecer o eles são: guerreiros", afirmou.

Ao longo do percurso, alguns garis tiveram a oportunidade de aproveitar a festa em cima do trio. José Luís Mota não escondeu a sua felicidade: "A sensação de estar aqui em cima do trio de Tony Salles é surreal, porque é a primeira vez que passo por um evento desse tão grande. Só felicidade. Obrigado à Limpurb. Espero que no próximo ano eu possa estar aqui de novo".

Para João Hebert dos Santos, outro profissional da limpeza, o momento foi de "alegria". "Eu tive a honra de ser um dos dançarinos da Limpurb, então estar aqui é muito gratificante", pontuou.

Já Deise Santos, responsável por dirigir um dos caminhões de lixo, compartilhou sua emoção. "Estar aqui é uma experiência única. É a primeira vez que estou subindo em um trio. Muita emoção. O coração está a mais de mil, e espero nos próximos anos poder continuar subindo em trio, porque a sensação é maravilhosa", descreveu.

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 17 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/