Lutador Cain Velásquez fala do período em que esteve preso

Lutas e Artes marciaisEx-campeão do UFC

Lutador Cain Velásquez fala do período em que esteve preso

Velásquez foi acusado de tentativa de homicídio contra um suspeito de abuso sexual

Crédito: Divulgação/UFC

Ex-campeão dos pesos pesados do UFC, Cain Velásquez falou sobre os oito meses em que esteve preso. Ele foi acusado de tentativa de homicídio contra um suspeito de abuso sexual e foi liberado da carceragem no condado de Santa Clara, na Califórnia, após pagamento de fiança no valor de US$ 1 milhão, o equivalente a R$ 5,16 milhões na cotação da época, no início do último mês de novembro.

"Foi uma loucura. Provavelmente o pior que senti fisicamente e mentalmente fazendo alguma coisa. Eu sinto como se fosse uma paralisação, meu corpo e minha mente", afirmou durante o podcast K100 w/ Konnan & Disco. "Eles me tinham sob custódia protetora. Apenas algumas pessoas com quem eu consegui sair, e acho que a coisa boa é que você tem muito tempo sozinho consigo mesmo. E a ruim é que você tem muito tempo sozinho consigo mesmo", comentou.

Velásquez deixou o UFC em fevereiro de 2019. Após deixar a prisão, ele fez uma luta profissional de wrestling no início deste mês. O evento aconteceu no Arizona e após a vitória, o americano recebeu o carinho dos fãs.

"Só quero agradecer a todos. Eu realmente aprecio o apoio de todos em tudo isso. Significa muito para mim. Me deu muita força quando eu estava lá (na prisão). Só quero agradecer a todos para sempre por isso", disse. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 18 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/