Carateca feirense conquista três medalhas no Panamerican Championship

Lutas e Artes marciaisDestaque feirense

Carateca feirense conquista três medalhas no Panamerican Championship

Irvila Ferreira dos Santos conquistou duas medalhas de ouro e uma de bronze 

Crédito: Divugação

Entre 15 a 19 de novembro, aconteceu no New Braga Gym, em São José dos Pinhais, no Paraná, o Panamerican Championship de Karatê. O evento contou com a participação de países como Argentina, Chile e Uruguai. Feira de Santana esteve representada pelas atletas Irvila Ferreira dos Santos e Laura Ribeiro, que integraram a Seleção Brasileira de Karatê Tradicional.

Irvila Ferreira dos Santos, trouxe duas medalhas de ouro e uma de bronze, sendo campeã na modalidade kata e kumite por equipe, já o bronze veio no Fuku Go individual. "Infelizmente os outros países não conseguiram formar equipes de kata por equipe, então tivemos que apresentar o kata sozinhas. Contudo, os técnicos Ricardo Buzzi e Arlene Amarante visando o Mundial observaram bem como seria a nossa atuação na competição. O sensei Buzzi relatou ter gostado bastante do que viu", disse Irvila Ferreira.

Passada a disputa do Pan, Irvila Ferreira agora volta as atenções para os treinos já que em dezembro a seleção fará mais uma convocação visando a formação da equipe que disputará o Mundial em 2024. "Agora é focar na preparação física e mental e aguardar a carta de convocação que sairá em dezembro. E, em 2024 teremos dois encontros, um em abril, que passaremos dias treinando no Rio de Janeiro, onde iremos fazer todas as avaliações que fizemos agora no Pan e outro uma semana antes do Mundial para nos adaptar ao ambiente e focar no que fomos fazer. Fora as competições como Norte/Nordeste e Brasileiro que também iremos nos encontrar para que os técnicos possam observar o empenho de cada um", contou.

Irvila aproveitou para agradecer aos colegas de seleção e apoiadores. "Quero agradecer imensamente a todos os meus colegas de seleção, foram dias de muito aprendizado e experiência, os conselhos, pelos treinos intensos, as risadas e abraços foram importantes para que seja possível entender que medalhas enferrujam, se perdem, mas que a história do Pan de 2023 seja eterna em nossas memórias. Agradecer também aos meus patrocinadores Doutor Moradia Imobiliária, Vision Serviços Patrimoniais e Condomínios, Point do Ar e David Leal Diniz que desde o Brasileiro vem incentivando os atletas da minha academia Tekiōsei Dojô e que em 2024 possamos estarmos mais firmes em busca do título Mundial. OSS!", finalizou. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 29 Fevereiro 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/