Ataque ao ônibus do Fortaleza desperta temor pela segurança dos jogadores

EsportesSegurança em risco

Ataque ao ônibus do Fortaleza desperta temor pela segurança dos jogadores

Motorista relata episódio de 'terrorismo' que deixou marcas na equipe e na própria vida 

Crédito: Reprodução X (Twitter) - @FortalezaEC

O ataque ao ônibus do Fortaleza, ocorrido após a partida contra o Sport, vai além dos danos físicos sofridos pelos jogadores. Amaro Santos Filho, motorista com 34 anos de experiência e oito dedicados ao transporte de times de futebol, descreveu o episódio como um ato de 'terrorismo'. 

Em uma entrevista ao Fantástico, ele detalhou os momentos de tensão durante a emboscada, destacando a rapidez da ação que poderia ter resultado em uma tragédia ainda maior.

A experiência de Amaro, que nunca havia enfrentado um transtorno desse tipo, ressalta a gravidade do incidente que abalou não apenas a delegação, mas também sua própria disposição em continuar no serviço. O motorista, ao se deparar com uma multidão hostil atirando pedras e bombas, teve que tomar medidas rápidas para proteger os jogadores, desviando o veículo e evitando um confronto direto.

O relato de Amaro revela não apenas a impotência diante da violência, mas também a reflexão sobre o futuro. A incerteza paira sobre a continuidade desse tipo de transporte, evidenciando a necessidade de medidas mais rigorosas para garantir a segurança dos profissionais do esporte. O ataque não só abalou a estrutura física do ônibus, mas também deixou marcas psicológicas que persistem, levantando questionamentos sobre a viabilidade de continuar expondo vidas a situações tão extremas.

O caso reforça a urgência de ações efetivas contra a violência no futebol, não apenas visando a punição dos responsáveis, mas promovendo mudanças estruturais que garantam a integridade e segurança dos envolvidos. O esporte, que deveria ser um campo de competição saudável, enfrenta desafios que vão além do campo de jogo, demandando respostas contundentes para preservar a essência positiva do futebol brasileiro. 

Foto: Reprodução X (Twitter) - @opovo
 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 15 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/