Números atestam momento mais difícil do Bahia de Feira nos últimos anos no Campeonato Baiano

EsportesSaiba mais

Números atestam momento mais difícil do Bahia de Feira nos últimos anos no Campeonato Baiano

O foco é mudar a situação da equipe na reta final da fase classificatória 

Crédito: ASCOM/Bahia de Feira

Independentemente dos resultados do complemento da 6ª rodada do Campeonato Baiano, o Bahia de Feira permanece na zona de rebaixamento e as três últimas rodadas da fase classificatória ganharam tons de dramaticidade para o Tremendão, que desde o seu retorno às atividades profissionais em 2009, não tinha vivido um momento tão complicado como o de agora.

Este é o 15º estadual que o Bahia de Feira disputa desde o reinício das atividades profissionais, sob a "batuta" do Grupo Nobre e o balanço é o seguinte: foram três finais com um título e dois vice-campeonatos; foi 3º colocado em duas edições; uma vez foi 4º; duas vezes ficou como 5º colocado e por três vezes terminou como sexto colocado. Os piores desempenhos foram um 9º lugar em 2014; 7º em 2015 e 8º em 2016. Foram temporadas que os investimentos foram reduzidos por conta da construção da Arena Cajueiro que foi inaugurada em 2018. Nas outras edições, a equipe sempre ficou em posições intermediárias, como em 2023, quando começou mal o Baiano, mas do meio para o final da primeira fase reagiu e terminou em quinto lugar, por pouco não se classificando para a fase semifinal da competição.

SEQUÊNCIA COMPLICADA

Os atletas treinam de olho na sequência de jogos na reta final, que será difícil e complicada: na próxima quarta-feira (14), abrindo a 7ª rodada, o Bahia de Feira encara o Atlético de Alagoinhas na Arena Cajueiro em um confronto direto na briga pela fuga do rebaixamento. Quem perder – dependendo de combinações de resultados – vai para as duas rodadas finais no desespero para se manter na Série A.

Uma semana depois, no dia 21 de fevereiro, o Tremendão mede forças com o Barcelona em Ilhéus em outro embate difícil porque a Onça Pintada está na parte de cima da tabela brigando para terminar a fase entre os quatro primeiros e assim garantir calendário para 2025. Por fim, no dia 3 de março, a equipe encerra a sua participação na fase classificatória na Arena Cajueiro encarando a Juazeirense, que também está brigando por classificação para a fase semifinal do Campeonato Baiano 2024.
 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 15 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/