Futebol Feminino: Técnico do JC é preso por ofensa racial após jogo do Bahia

EsportesInjúria Racial

Futebol Feminino: Técnico do JC é preso por ofensa racial após jogo do Bahia

Hugo Duarte, técnico do JC, detido por injúria racial durante comemoração

Foto: Reprodução / Redes Sociais

A comemoração pelo acesso do Bahia à Primeira Divisão do Futebol Feminino foi marcada por um incidente lamentável. Durante as festividades no estádio de Pituaçu, em Salvador, a jogadora Suelen relatou ter sido vítima de ofensa racial proferida pelo técnico do JC, Hugo Duarte.

Após a denúncia, a Polícia Militar foi acionada e conduziu Hugo Duarte à Central de Flagrantes da 1ª Delegacia, onde ele foi preso em flagrante. O presidente do JC, João Carlos Dias Campos, informou que a advogada do clube está a caminho de Salvador para acompanhar o caso.

Em nota oficial, o Bahia expressou solidariedade à jogadora Suelen e exigiu uma resposta à altura da gravidade do ocorrido, reiterando seu compromisso na luta contra qualquer tipo de discriminação. A jogadora também usou suas redes sociais para se manifestar, destacando a importância da denúncia como arma para combater o racismo.

A Polícia Civil confirmou a autuação em flagrante de Hugo Duarte por injúria racial, e ele permanecerá à disposição da Justiça. O episódio chocou o mundo esportivo e trouxe à tona a necessidade contínua de combater o racismo em todas as esferas. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 25 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/