Bahia tem mais de 340 mil 'sugar babies', aponta levantamento

MunicípiosComportamento

Bahia tem mais de 340 mil 'sugar babies', aponta levantamento

Já o número de sugar babies boy na Bahia é de 140 mil 

Crédito: Divulgação

A Bahia tem mais de 340 mil 'sugar babies', ou seja, mulheres que são sustentadas por homens mais velhos e ricos. Ao se fazer um comparativo inverso, o número de homens sustentados por mulheres mais velhas e ricas, os chamados 'sugar babies boy', é de 140 mil.

As dados foram enviados pelo site Meu Patrocínio, que foi criado justamente para unir as sugar babies aos sugar daddies, os endinheirados que se dispõem a garantir os 'mimos' de sua parceira.

Em relação a esse público, a Bahia registra 52.784 'sugar daddies', no âmbito daqueles que estão utilizando a ferramenta de relacionamento. Já no caso das mulheres mais velhas que sustentam homens mais novos, as chamas 'super mommies', elas somam 2 mil no estado.

Segundo a plataforma, esse tipo de relação é antiga. Em um passado distante, as mulheres que eram sustentadas por outros homens eram chamadas, muitas vezes, de 'teúdas e manteúdas', mas sem ser necessariamente mais jovens que seus parceiros.

Com o advento da globalização e a chegada da internet, o termo em inglês 'sugar baby' — 'bebê de açúcar', em tradução livre para o português —, há anos muito comum nos Estados Unidos, se popularizou também no Brasil.

Em um ranking nacional de usuários cadastrados no site, a Bahia ocupa a 7ª posição, com pouco mais de 535 mil usuários. 

 

Comentários: 1

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Visitante - Sítio Licuri em Quinta, 25 Janeiro 2024 07:05

Acho ridículo esses "estrangeirismos" na nossa língua. Os termos corretos seriam "teúda", "manteúda" ou ainda "rapariga ".
A adoção dos termos em língua estrangeira busca apenas disfarçar e adornar uma prática comum nos relacionamentos...pura hipocrisia, cada qual que viva sua vida, assuma seus relacionamentos e continuem pagando seus boletos!

Acho ridículo esses "estrangeirismos" na nossa língua. Os termos corretos seriam "teúda", "manteúda" ou ainda "rapariga ". A adoção dos termos em língua estrangeira busca apenas disfarçar e adornar uma prática comum nos relacionamentos...pura hipocrisia, cada qual que viva sua vida, assuma seus relacionamentos e continuem pagando seus boletos!
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 20 Mai 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/