Governo reajusta valor pago por arma de fogo apreendida por Policias na Bahia

MunicípiosBahia

Governo reajusta valor pago por arma de fogo apreendida por Policias na Bahia

Novos valores terão acréscimo de 50%, em média 

Crédito: Feijão Almeida/GOVBA

O governador Jerônimo Rodrigues (PT) reajustou o valor pago por arma de fogo apreendida na Bahia, como forma de reconhecimento ao trabalho dos policiais militares e civis no combate ao crime organizado. A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), deste sábado (16), conforme antecipado pelo gestor estadual na última sexta-feira (15).

Os novos valores terão acréscimo de 50%, em média. Na nova tabela, a apreensão de revólveres passará de R$ 1.200 para R$ 1.800; de pistolas e espingardas de R$ 2.400 para R$ 3.500; e de fuzis de R$ 6 mil para R$ 9 mil.

O secretário de Segurança Pública da Bahia, Marcelo Werner, destacou que, em 2023, as forças de segurança já apreenderam pouco mais de quatro mil armas de fogo no estado. "Entre os armamentos apreendidos, temos 46 fuzis, número recorde na Bahia. A retirada desses materiais ilícitos reflete na diminuição de, aproximadamente, 4% das mortes violentas, este ano", afirmou o titular da SSP. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 25 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/