Shoppings não são incluídos em decreto que volta exigir uso de máscara na Bahia

MunicípiosSaiba mais

Shoppings não são incluídos em decreto que volta exigir uso de máscara na Bahia

Espaços como bares e restaurantes, no entanto, tem que cumprir a obrigatoriedade

Crédito: Divulgação
O decreto publicado nesta terça-feira (29) pelo governo da Bahia deixou de fora da obrigatoriedade do uso de máscara os centros comerciais. Pela determinação, os shoppings da capital não foram incluídos nos ambientes em que o uso da proteção volta a ser obrigatório.

De acordo com o decreto, a obrigatoriedade acontece transportes públicos, tais como trens, metrô, ônibus, lanchas e ferry boat, e seus respectivos locais de acesso, como estações de embarque; em salões de beleza e centros de estética; em bares, restaurantes, lanchonetes e demais estabelecimentos similares; em templos para atos religiosos litúrgicos; em escolas e universidades; em ambientes fechados, tais como teatros, cinemas, museus, parques de exposições e espaços congêneres.

Além do uso da proteção, eventos de diversas modalidades seguem com realização autorizada. No entanto, volta a ser exigido o uso de máscara e comprovação de vacina naqueles em que haja controle de acesso e venda de ingressos. Com isso, a comprovação de vacinação, em todos os casos em que é solicitada, será feita mediante apresentação do documento fornecido no momento da imunização ou do Certificado Covid, obtido por meio do aplicativo "CONECT SUS". 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 03 Fevereiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/