Candidatos a deputado estadual que mais receberam do Fundo partidário

PolíticaEleições 2022

Candidatos a deputado estadual que mais receberam do Fundo partidário

Angelo Almeida (PSB), Pablo Roberto (PSDB) e Jhonatas Monteiro (PSOL) elencam o top 3 

Crédito: Divulgação

Os deputados estaduais são os representantes do povo nas Assembleias Legislativas. Eles são os responsáveis pelas leis que regem o funcionamento das unidades federativas no Brasil. Neste ano, para as 63 vagas da Assembleia Legislativa (ALBA), 878 candidaturas foram registradas pelo TSE. Dos 63 atuais deputados da casa legislativa baiana, 51 vão tentar a reeleição. O Jornal Folha do Estado contabilizou que 16 candidatos com domicílio em Feira buscam um cargo na ALBA e a maioria recebe recursos do fundo partidário.

O Fundo Especial de Assistência Financeira aos Partidos Políticos, denominado Fundo Partidário, é constituído por dotações orçamentárias da União, multas, penalidades, doações e outros recursos financeiros que lhes forem atribuídos por lei. A divisão das verbas partidárias varia dentro das siglas, que recebem montantes conforme a votação obtida em 2018. A reportagem do Jornal Folha do Estado elencou os valores recebidos por cada candidato à Deputado Estadual de Feira. Os dados considerados abaixo foram obtidos através do TSE.

O candidato feirense que mais recebeu do Fundo Partidário foi Angelo Almeida, do Partido Socialista Brasileiro (PSB), que busca a reeleição. O deputado recebe R$700.000,00. Em segundo lugar, está Pablo Roberto, ex-vereador de Feira e ex-secretário em três pastas, SEPREV - Secretária de Prevenção a Violência e Promoção dos Direitos Humanos, SEDESO - Secretaria de Desenvolvimento Social e SEAGRI - Secretaria de Agricultura. Sua sigla, o PSDB, depositou para a campanha eleitoral R$ 300.000.


Após, estão dois vereadores da Câmara de Feira, o vereador Jhonatas Monteiro, que recebe do PSOL R$ 245.337,52 e o postulante do União Brasil, Lulinha da Conceição, que recebe do diretório estadual R$ 226.000 e do diretório nacional R$ 74.000. Disputando sua primeira campanha eleitoral, Binho Galinha está em quinto lugar no ranking dos feirenses que mais recebem da ALBA. O Patriota depositou R$ 100.000 para a campanha. Após, está o vereador feirense Luiz da Feira, que recebe do Avante R$ 98.600.


O ex-deputado estadual e radialista Carlos Geilson é o 7º na lista, foi destinado a ele pelo Solidariedade R$80.000,00. Após, está o deputado estadual do Republicanos, José de Arimatéia, que recebeu R$ 75.000 do partido. Postulante do PCdoB, a enfermeira Dart Clair é a próxima da lista, que recebeu R$ 67.748,92 do diretório estadual e R$ 50.000 do diretório nacional da sigla. Dois candidatos receberam o montante de R$ 40.000 dos partidos. A iniciante na campanha eleitoral Vânia do Irmão Lázaro, empresária e viúva do ex-deputado federal, ex-vereador da Câmara de Salvador e cantor gospel. E o policial militar e ex-deputado estadual, Pastor Tom.


Estreantes estão no 11º e 12º lugar na lista. A pedagoga e desenvolvedora do projeto social Patinhas de Rua, Patrícia do Patinhas recebe do Solidariedade R$ 30.000. E um empate divide o 12º lugar, com duas candidatas do Patriota, Jaci Ribeiro e a jornalista Lete Simões receberam R$ 10.000. O comerciante Bahia do Mingau (PROS) não declarou até o fechamento desta edição o registro de recebimento do Fundo Partidário, e o policial militar Jotta Rios (PL), não prestou nenhuma conta à Justiça Eleitoral.

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 15 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/