Jerônimo Rodrigues comenta propostas para aliar educação e empregos

PolíticaCandidato a governador

Jerônimo Rodrigues comenta propostas para aliar educação e empregos

'Vamos garantir que os jovens tenham oportunidades', disse candidato 

Crédito: Divulgação
O candidato a governador Jerônimo Rodrigues (PT) garantiu que irá atuar para que a Bahia avance na Educação em parceria com a criação de empregos para os jovens, para que possam se desenvolver e garantir a inserção no mercado de trabalho. Nesta terça-feira (20), o petista ressaltou seus planos para a área: a universalização da oferta do ensino em tempo integral; oferta do ensino profissionalizante; e uma política de valorização dos professores.

"Eu acredito, como professor, que o avanço da Bahia e do Brasil está ligado a um avanço na Educação. Aqui na Bahia, nós iremos cercar o estudante de oportunidades e programas que facilitem o seu desenvolvimento. Nós daremos oportunidades com o ensino profissionalizante, vamos ampliar os programas Partiu Estágio e o Mais Futuro. Iremos associar o avanço na educação com a criação de oportunidades e empregos. Nossa política de assistência estudantil também será ampliada, com o bolsa-presença, sistema de monitoria e o programa de dignidade menstrual", afirmou Jerônimo.

O candidato destacou que irá seguir com investimentos em infraestrutura para a educação baiana, com reforma e construção de novas escolas. O petista destacou ainda a necessidade de uma atuação coordenada e integrada para garantir o avanço da Educação na Bahia.

"Nós vamos atuar fortalecendo a Bahia. Trataremos questões de emprego, geração de renda, dinamização da economia em parceria com o nosso avanço na área social, com justiça e inclusão", declarou. "Aqui no Recôncavo nós temos a ponte Salvador-Itaparica, que nós vamos entregar, e irá gerar vários benefícios para a região: geração de 7 a 8 mil empregos diretos, benefícios para o turismo, transporte e para todos os municípios da região. As grandes obras de infraestrutura serão o primeiro pilar do nosso fortalecimento da economia. O segundo pilar é a parceria com o presidente Lula. A ponte Salvador-Itaparica, a retomada do Minha Casa, Minha Vida, da indústria naval, das ferrovias Oeste-Leste (FIOL) e Centro-Atlântica (FCA), além do Porto Sul. Por fim, vou lançar um plano de reindustrialização da Bahia para atrair novas indústrias a partir de bases tecnológicas e ambientais. Em diálogo permanente com os empresários, vamos estimular à construção civil, a economia criativa, economia verde, a energia eólica e solar, além do hidrogênio verde", complementou o petista. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 16 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/