Lula elogia Vasco pela vanguarda na inclusão racial no futebol

PolíticaPioneirismo antiracismo

Lula elogia Vasco pela vanguarda na inclusão racial no futebol

Presidente participou de evento no Rio de Janeiro

Crédito: Reprodução/X @newscolina

Em uma tarde marcada por eventos significativos, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), expressou sua torcida pelo Vasco no Rio de Janeiro, destacando o papel pioneiro do clube na história da população negra no futebol brasileiro. Esta revelação foi feita durante a cerimônia que oficializou o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa) como instituição de ensino superior, introduzindo seu primeiro curso de graduação, "Matemática da Tecnologia e Inovação".

Lula, corintiano declarado em São Paulo, ressaltou o impacto histórico do Vasco nos anos 1920, quando o futebol brasileiro era dominado por jogadores brancos e elitizado. Nesse contexto, o Vasco, seguindo os passos do Bangu, assumiu uma posição inovadora ao proporcionar oportunidades para jogadores negros, contribuindo para a quebra de barreiras raciais no esporte.

A cerimônia também marcou a oficialização da graduação no Impa, conhecido por ser responsável pela Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) e pelo Festival Nacional da Matemática. Fundado em 1952 e vinculado aos ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia e Inovação, o Impa oferece cursos de mestrado, doutorado e mestrado profissionalizante, além de capacitação para professores de matemática.

A primeira graduação do instituto, batizada de "Impa Tech", está programada para iniciar em 2024, contemplando inicialmente 100 alunos, com um investimento de R$ 16,7 milhões no primeiro ano. Ao longo de quatro anos, a expectativa é alcançar 400 estudantes, com um aporte anual de R$ 55,9 milhões.

Agenda no Rio: discussões sobre crise territorial entre Venezuela e Guiana

Além do evento no Impa, o presidente Lula convocou uma reunião de emergência com o chanceler Mauro Vieira e o embaixador Celso Amorim, assessor especial para assuntos internacionais, no Rio de Janeiro. O encontro, marcado para às 18h30, abordará a decisão de Nicolás Maduro de anexar parte da Guiana, rica em petróleo.

Autoridades brasileiras e de outros países da região estão na cidade para a reunião do Conselho do Mercado Comum do Mercosul, no Museu do Amanhã. Mauro Vieira, ao chegar ao evento, afirmou à agência Reuters que, apesar das crescentes tensões entre Venezuela e Guiana, não vislumbra riscos iminentes de um conflito armado entre essas nações fronteiriças ao Brasil. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 18 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/