Youtuber bolsonarista é detido no Paraguai e entregue ao Brasil

PolíticaSaiba mais

Youtuber bolsonarista é detido no Paraguai e entregue ao Brasil

Bismark Fugazza foi detido na sexta, 17

Crédito: Reprodução/Redes sociais

Bismark Fugazza, do canal 'Hipócritas', no YouTube, foi detido no Paraguai na sexta-feira, dia 17. Em julho de 2022, ele e os demais donos do canal foram indiciados por racismo pela Polícia Civil de Santa Catarina, devido a um vídeo publicado no canal em 2021, no qual dois dos apresentadores faziam uma analogia entre pessoas não vacinadas contra a Covid-19 e os judeus, vítimas de genocídio na Segunda Guerra Mundial.

Segundo o G1, o homem depois entregue pela polícia paraguaia às autoridades brasileiras na Ponte da Amizade, que liga o Brasil ao país vizinho.

A prisão de Fugazza foi solicitada pelo ministro Alexandre de Moraes em dezembro de 2022, por ataques à democracia. O youtuber será ouvido na Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu e, em seguida, encaminhado para o sistema prisional.

Fugazza dividia apartamento no Paraguai com Oswaldo Eustáquio, outro bolsonarista com prisão decretada por Moraes. A extradição de Eustáquio também foi solicitada. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 18 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/