Lícor e hemorróidas: uma combinação que não dá certo

Saúde e Bem EstarSaiba mais

Lícor e hemorróidas: uma combinação que não dá certo

Coloproctologista explica relação entre bebida e o problema de saúde 

Crédito: Divulgação

Hemorróida é um assunto difícil de ser falado e, principalmente, admitido, por medo ou vergonha. Mas sabe-se que pelo menos 80% das pessoas terão problemas com essas varizes do canal do ânus em algum momento da vida. As hemorróidas, na verdade, são veias ao redor do ânus que se inflamam ou se dilatam. De acordo com o coloproctologista Eugênio Ramalho, é preciso redobrar a atenção nesse período de festas juninas, quando a junção mesa farta e bebidas destiladas podem ocasionar a inflamação da região anal.

Existem dois tipos de hemorróidas: internas e externas, de acordo com a posição. As hemorróidas externas se formam no canal anal e região externa, sendo recobertas por uma pele bem sensível. Ao contrário, as internas estão na parte interna do ânus. As hemorróidas podem acometer tanto homens como mulheres, ou seja, ninguém está livre desse incômodo, sendo mais comum nas faixas etárias de 45 A 65 anos. Porém, segundo Dr. Eugênio Ramalho, as bebidas à base de álcool destilado tendem a causar um desconforto ainda maior para quem já está com a inflamação.

Para quem está vivenciando crises de hemorróidas, bebidas destiladas e alimentos gordurosos e apimentados são um verdadeiro inimimigo. "Nesse período junino, São João, São Pedro, o licor e outras bebidas destiladas interferem muito na saúde do ânus. As crises de hemorróida têm muita associação com esses alimentos. É preciso estar atento. Se você ingere alguma bebida ou alimento que causa ardor, na hora de sair também você vai sentir", alerta o especialista. Os principais sintomas apresentados pelos pacientes com hemorróida são sangramento, dor e/ou desconforto anal, inflamação aguda e sensação de esvaziamento incompleto após a evacuação. O mais comum é apresentar sangramento que costuma ser de pequena percepção.

As causas mais comuns das hemorróidas são a constipação, popularmente conhecida como "prisão de ventre", a gestação, também a obesidade, o sedentarismo, a predisposição genética, e o pouco consumo de fibras e de líquidos. O tratamento, conforme Dr. Eugênio, varia caso a caso. Em casos leves, pode-se fazer uso de mudanças de hábito de vida. Em casos mais delicados está indicada a ligadura elástica ou a hemorroidectomia, que consiste na retirada destas veias doentes através de uma pequena cirurgia. "Importante mesmo é procurar um especialista assim que sentir os primeiros sintomas. E, nesse São João, cuidado com as bebidas destiladas e a pimenta, principalmente". 

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 03 Julho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/

Cron Job Iniciado