Presos líderes de grupo criminoso que atuavam no baixo sul baiano

SegurançaInteligência policial

Presos líderes de grupo criminoso que atuavam no baixo sul baiano

Dupla de líderes era ramificação de uma organização criminosa do Rio de Janeiro. 

Envolvidos com os crimes de tráfico de armas e de drogas, latrocínios, roubos e homicídios, uma dupla de líderes de uma ramificação de uma organização criminosa do Rio de Janeiro, com atuação no baixo sul baiano, tiveram os mandados de prisão preventivas, cumpridos por policiais civis daquele estado, na cidade de Campos dos Goytacazes, no norte fluminense, na quinta-feira (16). Um dos presos é suspeito de diversos ataques e homicídios ocorridos em Valença e em Cairu.

O grupo liderado pela dupla de criminosos atuava em de Morro de São Paulo, Gamboa do Morro, Galeão, Garapoá, Cova de Onça, Torrinhas, Tapoias, Canavieiras, Taperoá e Nilo Peçanha. As prisões são o resultado de investigações da 1ª Delegacia Territorial (DT/Valença), com a 5ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Valença). O coordenador da 5ª Coorpin, delegado José Raimundo Neri Pinto, detalhou a integração entre as polícias, para o resultado alcançado.

"A partir de todos os dados coletados nas apurações realizadas pela Polícia Civil da Bahia, tivemos esta ação integrada com a 65ª Delegacia de Polícia (65ª/DP) e a 134ª Delegacia de Polícia (134ª/DP) e Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO) do Rio de Janeiro, cujo resultado foi a retirada de dois alvos prioritários, do convívio social da nossa região", comentou.

A 5ª Coorpin/Valença segue com apurações, utilizando recursos de inteligência policial, com o objetivo de identificar e prender demais integrantes do grupo criminoso. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 24 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/