Ponto e Vírgula 05/05/2022

Ponto e Vírgula 05/05/2022

Sobe - Prefeitura de Feira, por conseguir tombamento do Casarão Olhos D`água, como bem material da cidade.

Desce - O MEC, por entrar na mira do Tribunal de Contas por conta da concessão de Kit de robótica com suspeita de superfaturamento.

Ron

Na tarde de ontem (4), o vereador Ron do Povo (MDB) declarou apoio ao pré-candidato ao governo da Bahia, ACM Neto (UB). "Um homem que já teve dois mandatos como prefeito de Salvador, declaro meu apoio com muita alegria e satisfação", disse. ACM Neto, por sua vez, agradeceu o apoio e afirmou que admira a trajetória e luta do parlamentar feirense. Vale salientar que Ron já havia anunciado apoio a deputada federal Roberta Roma, esposa do também candidato ao governo baiano, João Roma (PL).

Relatórios

O Procurador Geral do Município, Carlos Alberto Moura Pinho, terá que apresentar à Câmara de Feira de Santana, relatórios de precatórios e honorários sucumbenciais de 2022, bem como, os pagos em 2021. A deliberação, que também solicita informações acerca dos critérios adotados no pagamento, está prevista no requerimento 144/2022, aprovado na sessão de ontem (04), na Câmara Municipal de Feira de Santana.

Empresa sangue bom

A concessão do selo social municipal "Empresa Sangue Bom" está autorizado a ser entregue em Feira de Santana, após aprovação do projeto de lei nº 170/2021, ocorrida na manhã de ontem (4), na Câmara Municipal. De autoria do vereador Professor Ivamberg (PT), a propositura estabelece diretrizes para a certificação de empresas interessadas, instaladas no município. Para efeitos da lei, considera-se Empresa Sangue Bom a pessoa jurídica que adote política internada permanente destinada a informar, conscientizar e estimular seus colaboradores e clientes sobre a importância e a necessidade da doação de sangue.

Cutucou

O governador Rui Costa (PT), em pronunciamento ontem (3), explicou o motivo pelo qual os pré-candidatos da chapa encabeçada por Jerônimo Rodrigues (PT) não estão usando a palavra em eventos oficiais do governo e aproveitou para ironizar a desistência do vice-governador João Leão (PP) de concorrer ao Senado, cedendo o posto a Cacá Leão. "Estamos evitando que todos aqueles que são pré-candidatos façam uso do microfone em função de legislação eleitoral, para que aqueles que começaram a ficar desesperados - tem gente até desistindo de ser candidato - não tentem usar a artimanha da Justiça para poder impugnar [as candidaturas]. Então é por isso que Jerônimo e outros não estão falando", declarou Rui, que, no meio da explicação, ironizou o vice-governador.

Lula

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, pré-candidato do PT à presidência da República estampa a capa de uma das principais revistas do mundo. A revista Time, dos Estados Unidos, divulgou a capa de sua edição mais recente com a imagem do petista. A publicação apresenta Lula como "O presidente mais popular do Brasil retorna do exílio político com a promessa de salvar o país". Durante a longa entrevista Lula fala sobre sua trajetória e sobre a decisão de concorrer novamente ao Palácio do Planalto.

Em Salvador

O Supremo Tribunal Federal negou liminar do União Brasil e manteve o resultado da eleição para a presidência da Câmara Municipal de Salvador, que elegeu Geraldo Júnior (MDB) para o seu terceiro mandato. A decisão foi publicada ontem (4), pelo ministro Kássio Nunes. O ministro justificou que inexiste "extrema urgência" ou perigo de "lesão grave" já que eventual posse de Geraldo só ocorrerá em janeiro de 2023. Essa decisão não é uma definição de que é líquido e certo o pleito realizado no final de março. Apenas, não foi concedida a urgência para julgamento.

União dos poderes

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que é preciso que os poderes dialoguem para evitar uma escalada de crise. A fala de Lira vem logo após a reunião entre o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PDB-MG), e o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux. Apesar de não ter participado do encontro entre Pacheco e Fux, Lira considerou a ocasião muito importante, pois é uma obrigação dos chefes de poder conversarem entre si para conter as crises e conseguir enfrentar os reais problemas do país.

MDB

Com o objetivo de convencer o MDB a apoiar o ex-presidente Lula já no primeiro turno, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) está em São Paulo, onde se reunirá hoje (5), com o ex-presidente Michel Temer (MDB-SP), que tem demonstrado descontentamento com a proposta do PT em revogar a reforma trabalhista, implementada em seu governo. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 03 Fevereiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/