Ponto e Vírgula 06/07/2024

Ponto e VírgulaOpinião

Ponto e Vírgula 06/07/2024

Sobe - Igreja Assembleia de Deus, no Recanto do Feira X, por promover 'O Dia de Fazer o Bem' unindo a igreja à comunidade.

Desce - Ex-lutador de kickboxing, preso por agressão contra um idoso, em Feira de Santana.

Normas eleitorais
As prefeituras de alguns municípios baianos já iniciaram o cumprimento da Resolução nº23.732/24, TSE, que veda que os canais oficiais de comunicação realizem publicações. Oficialmente, as regras devem ser cumpridas a partir de hoje (6), e seguem até o dia 6 de outubro. A partir de 7 de julho, todo conteúdo publicitário que promova autoridades, governos ou administrações serão suspensos nos sites e redes sociais oficiais. A medida visa evitar o uso da máquina pública para beneficiar candidatos durante o período eleitoral. De acordo com o TSE, as prefeituras não podem, durante os três meses antes das eleições, mencionar e exaltar pré-candidatos. As informações de relevante caráter público voltadas ao acesso à conta da plataforma do Governo do Município permanecerão disponíveis nos portais. Contudo, a divulgação de obras em sites e redes sociais da instituição também estão proibidas.

PT e UB
Partidos que representam os grupos políticos do governo e da oposição, o PT e do União Brasil possuem cenários distintos com relação ao número de prefeitos filiados. Com a proximidade das eleições municipais, ambos acabaram perdendo gestores e conseguindo novos filiados, porém com perfis distintos nas filiações e saídas. O União Brasil manteve alguns nomes, mesmo passando por um processo de fusão com o PSL após o pleito de 2020, mas acabou sendo esvaziado majoritariamente por legendas ligadas ao grupo governista na Bahia. Partidos como Avante, MDB, PSB, PV, PP e Solidariedade, foram as legendas que receberam prefeitos do União eleitos desde o último pleito.

Prefeituras
Com isso, em 2020 o saldo eleitoral foi de 40 prefeituras, chegando neste ano para a disputa com 32 cidades. Apesar disso, o partido ainda é uma das legendas que mais possuem prefeitos, sendo o partido de oposição ao governo da Bahia que governa o maior número de municípios. O União Brasil também detém o comando de 5 das 10 cidades mais populosas da Bahia, com a capital, Salvador, além de Camaçari, Teixeira de Freitas, Barreiras e Vitória da Conquista. Já o único nome que saiu do PT foi o do prefeito de Santa Brígida, Elton, filiado ao Podemos. Em levantamento promovido pelo Bahia Notícias, os dados apontam que o PT possui 48 prefeituras pelo Estado, em quarto lugar, atrás apenas do PSD, Avante e o PP. Com crescimento exponencial de 45% desde 2020, quando saiu das urnas com 33 cidades sob sua gestão, o PT atualmente está organizado em 394 municípios, com diretórios municipais ou comissões provisórias.

PSD
Na liderança entre as legendas, o PSD aparece de forma absoluta. Desde 2020, quando saiu das urnas com 107 prefeitos, o partido chega para o pleito deste ano com um crescimento de 16,8%, totalizando 125 cidades sob o comando. Com o número, o PSD é disparado o partido com maior número de cidades com prefeitos filiados entre ambos os grupos.

Deteriorados
Equipamentos destinados à prática de exercícios físicos, instalados na avenida Getúlio Vargas, estão deteriorados e podem ser causa de acidentes para quem os utiliza. O alerta é do vereador Professor Ivamberg (PT), que fez pronunciamento na tribuna da Câmara esta semana cobrando providências da Prefeitura de Feira a respeito do problema. "No último dia 2, por exemplo, recebi uma denúncia sobre o mau estado de conservação lá na caixa de areia, situada no final da Getúlio. Está totalmente abandonada e com os equipamentos enferrujados, apesar de ser uma das áreas mais utilizadas pelas pessoas", reclamou.

Guardas Municipais

A Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que altera a Política Nacional de Segurança Pública e Defesa Social (PNSPDS) e o Sistema Único de Segurança Pública (Susp), além de permitir que em condições específicas Guardas Municipais (GCM) possam cooperar com outras polícias. Sob autoria do deputado José Medeiros (PL-MT), a proposta diz que tem como objetivo aumentar a capacidade operativa nas forças policiais em situações em que haja crime violento ou grave. O texto também afirma que a relação pode trazer benefícios na obtenção de provas, nas investigações ou descoberta de novas infrações. 

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 25 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/