Ponto e Vírgula 19/04/2022

Ponto e Vírgula 19/04/2022

Sobe - Secretaria de Saúde, por sucesso de vacinação ao ultrapassar o total de 40 mil crianças vacinadas contra a covid.

Desce - Forças armadas, por de acordo com denúncia do TCU, ter licitado viagra, próteses penianas e no último dia 14, o Portal da Transparência registrou também compra de lubrificantes íntimos em 2019 e 2020.

E aí?!

Os candidatos com domicílio eleitoral em Feira, que disputarão eleição para federal, já chegam a 15, e aqueles com domicílio em outras cidades e com potencial de chegar no Município com uma votação superior a 2 mil votos, já chegam a 20. Muito dessa perspectiva se dá pelo histórico eleitoral. Então teremos cerca de 35 pré-candidatos para a Câmara Federal, e esses que vem de outros domicílios, podem chegar a quase metade dos votos válidos, causando um prejuízo por perda de poder político e da subtração de recursos que os eleitos pela Cidade poderiam alocar para o município. As grandes lideranças poderiam, ou podem, contribuir para reverter o quadro.

O resultado

A força política que temos é débil, sob meu ponto de vista. Sem condições de aparecer em Brasília e também, com pouca importância no cenário estadual, uma cidade de quase 630 mil habitantes, mais de 400 mil eleitores e com uma área de influência de mais 1 milhão, das cidades limítrofes, o que se prenuncia, é a possibilidade de elegermos apenas 2 ou 3 federais, o que é uma lástima para a Cidade. Estamos desamparados politicamente, e o resultado é que nas últimas gestões de Feira de Santana, volta e meia, os prefeitos precisam ou precisaram de deputados, representantes de cidades bem menores, do interior, para os amparar na busca de serem recebidos em ministérios, na intenção de aprovação de projetos e pequenas emendas do Orçamento. Uma pena.

A base

O Governo Municipal deve ampliar sua base no Legislativo, hoje com oito vereadores. A informação é que dois vereadores dos aliados devem migrar para a base do prefeito Colbert Martins (MDB) até o mês de maio. É só esperar. (Bahia na Política).

Pix

O deputado Jurandy Oliveira (PSB) apresentou projeto de lei na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) que libera o pagamento via PIX nas praças de pedágio da Bahia. "As empresas concessionárias responsáveis pela administração ou exploração de pedágios em rodovias na Bahia devem facultar ao usuário, como forma de pagamento da tarifa, a utilização de PIX pagamentos instantâneos autorizados pelo Banco Central do Brasil", explicou o parlamentar.

Tortura

O presidente da Comissão de Direitos Humanos do Senado, Humberto Costa (PT-PE), afirmou que pedirá acesso aos arquivos de áudio de sessões do Superior Tribunal Militar (STM) em que ministros comentaram episódios de tortura na ditadura militar. "Essas revelações mostram que o trabalho com o nosso passado mal começou. A Comissão da Verdade foi um grande passo. Mas, ainda há um enorme caminho a percorrer. Por isso, a Comissão de Direitos Humanos do Senado pedirá acesso aos áudios e tomará as devidas providências", afirmou o senador, em publicação no Twitter.

Medalha Olhos D'Água

Concedida a indivíduos que tenham prestado serviços a segmentos como agricultura, meio ambiente, urbanismo e desporto, a Medalha Olhos D'água foi entregue a presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e símbolo da luta da mulher do campo, Conceição Borges, na manhã de ontem (18), na Câmara Municipal de Feira de Santana. A homenagem foi proposta pelo vereador Professor Ivamberg (PT), e somente pode ser concedida a 20 personalidades a cada legislatura (a cada quatro anos).

Monitoramento digital

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por meio de sua Secretaria de Administração, abriu um edital de licitação orçado em R$330 mil para contratar uma empresa que faça o monitoramento da presença digital da Corte na internet e nas redes sociais, e que acompanhe temas de interesse da Justiça Eleitoral nas plataformas. A contratação tem prazo de 12 meses, a partir da escolha da empresa e da celebração do termo, o que deve acontecer no início de maio.

PSOL

Amanhã (20), o presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros, visitará Salvador com o objetivo de alinhar estratégias, iniciativas e expectativas do partido para os próximos dois anos. A viagem faz parte de um giro que o dirigente está fazendo por todas as capitais do Brasil. Além de táticas para 'enfrentar o governo Bolsonaro no próximo ano', o encontro 'será uma boa oportunidade para discutir e entender' o cenário local para as eleições de 2022. 

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 30 Janeiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/