Ponto e Vírgula 23/11/2022

Ponto e Vírgula 23/11/2022

Sobe - O juiz Titular da Vara de Execução Penal, Fábio Falcão, por executar projeto que reverte acordos em donativos para instituições sociais em Feira.

Desce - Os mais de 147 mil feirenses não tomaram a primeira dose de reforço da vacina contra covid-19. Imunizante é a principal arma contra a doença e possíveis complicações.

Executivos

Depois das pré-candidaturas do Rei Nelsinho (PRTB), do atual presidente da Câmara e do vereador Zé Curuca (UB). Nos bastidores, se tem conta ainda, de que há um interesse consolidado do vereador Pedro Cícero (Cidadania) para ser candidato em São José do Jacuípe. Outro que se apresentou como pré-candidato fazem duas semanas foi o vereador Galeguinho SPA (PSB), que usou como suporte um chavão interessante: "Feira de Santana não tem dono. Por que não posso ser candidato?".

A fila cresce

Normalmente quando os políticos falam isso sobre Feira, em se tratando de nomes hegemônicos, se reportam ao ex-prefeito Zé Ronaldo (UB) e ao deputado federal Zé Neto (PT). Pois bem, dois dias depois da declaração, numa sexta-feira, onze dias atrás, falando durante uma solenidade de casamento, onde estavam presentes os dois, Galeguinho teceu elogios extravagantes ao deputado federal Zé Neto, que ao ouvir os elogios balançou a cabeça para um lado e para o outro. Assim!

Frente ampla

Semana passada quando o deputado estadual Angelo Almeida (PSB) declarou em emissoras de rádio que formaria uma frente ampla na busca de um nome novo para disputar a eleição para prefeito em Feira de Santana, o petista, deputado Zé Neto não gostou e também no rádio reclamou que não entendia essa posição do deputado, uma vez que a relação entre os dois estava ótima, e que ele contribuiu no que foi possível na eleição de Angelo. É bom lembrar que em um encontro dos dois durante as caminhadas individuais que faziam, Neto tirou uma foto com Angelo.

Confusão

Aconteceu na sessão de ontem (22), na Câmara de Feira uma das sessões mais esperadas em que seriam votados os projetos de suplementação orçamentária para o Município. Contudo, o que foi assunto mesmo, foi o "ataque" do vereador Edvaldo Lima (MDB) contra o vereador Marcos Lima (UB). Enquanto Lima defendia a votação dos projetos para que os funcionários da saúde recebessem com presteza os salários atrasados, citou uma frase que deixou o pastor evangélico chateado. "O vereador Edvaldo Lima demonstrou que é contra a aprovação porque não é o bolso dele, nem a família dele, nem o salário dele está atrasado".

E agora?

Pronto, bastou isso para que Evaldo Lima avançasse contra Marcos Lima xingando "Não fale de minha família não p****", e lhe agrediu com um tapa. Marcos Lima informou que irá prestar um boletim de ocorrência contra Edvaldo Lima e o corregedor da Casa, o vereador Luiz da Feira (PROS), solicitou as imagens das câmeras para que a Casa da Cidadania possa tomar as devidas providências sobre o caso.

Educação

Os professores da rede municipal de Feira de Santana suspenderam as aulas na manhã de ontem (22), para acompanhar a votação acerca do pagamento dos recursos dos precatórios na Câmara de Vereadores. A suspensão foi aprovada em assembleia da categoria na sede da APLB. Contudo, a votação não aconteceu. Os parlamentares optaram por dialogar antes com o poder Executivo. A comissão de educação da Casa, junto com líder do governo, o vereador Zé Carneiro (MDB) e membros da APLB irão à Prefeitura de Feira para conversar com o prefeito Colbert Martins (MDB) e a secretária de educação, Anaci Paim.

Sem aulas

Com a ausência de uma das professoras há 21 dias, a Escola Municipal Santa Izabel, no povoado Jacu, distrito da Matinha, só oferece aula para os alunos duas vezes por semana. A situação foi exposta pelo vereador Silvio Dias (PT), quando relatou as tentativas falhas de obter esclarecimentos com a secretária Municipal de Educação, Anaci Paim. "Desde quarta-feira passada disseram que ela iria retornar, mas não houve retorno até hoje".

De olho

Sob acusação de perpetrar "ataques através de fake news em redes sociais", contra vereadores, instituições, empresas, profissionais e veículos de comunicação, o órgão digital de imprensa denominado "Mídia Ninja" está sendo alvo de diversos processos judiciais. A informação é do vereador e radialista Paulão do Caldeirão (PSC). Ele declarou na Câmara, que também irá acionar judicialmente o titular (ou titulares) deste sítio, na Internet, em sua opinião, "patrocinado por bandidos". Diferentemente de outros veículos de informação, observa, ninguém sabe quem é o jornalista ou responsável editorial à frente deste perfil, que funciona principalmente através do Instagram. 

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 09 Dezembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/