Ponto e Vírgula 29/07/2022

Ponto e Vírgula 29/07/2022

Sobe - Prefeito Colbert por usar o bom senso e cancelar a Micareta este ano.

Desce - Ex-vereador por ser preso por duplo homicídio após 20 anos escondido.

'As Branquelas'

O candidato à Presidência do Brasil nas eleições deste ano, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez uma publicação no Twitter pedindo para que os seus eleitores se cuidassem para acompanhá-lo pelo Brasil. O presidente Jair Bolsonaro (PL) reagiu a publicação de Lula com vídeo da cena do filme "As Branquelas" onde uma das personagens principais corre atrás de um bandido que roubou a sua bolsa.

Especulação

O presidente estadual do União Brasil, deputado federal Paulo Azi, definiu como uma "peça de ficção" o rumor de que o partido teria pedido ao PT a retirada da candidatura ao Governo da Bahia. Azi afirmou que a informação, publicada pelo Metrópoles, não passa de uma "especulação maldosa".

Novos ministros

Os novos ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) podem ser nomeados pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) até esta sexta-feira (29). Aliados de Bolsonaro disseram à CNN, em caráter reservado, que a nomeação "pode sair a qualquer hora". Os mais cotados para ocupar as duas vagas são os desembargadores Messod Azulay Neto, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), e Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1).

Independência

O vice-governador e pré-candidato a deputado federal, João Leão (PP), rebateu na quinta-feira (28), as declarações de Jerônimo Rodrigues sobre o Progressistas. Leão também ressaltou que o PP baiano sempre teve independência política. "A turma do PT tem memória curta, só pode". "O povo da Bahia sabe a forma desrespeitosa que o PT tratou o PP, que sempre foi um aliado", rugiu Leão.

Mais atenção

O candidato a governador da Bahia, ex-ministro da Cidadania e deputado federal, João Roma (PL), declarou que é preciso dar um basta na disparidade entre a realidade enfrentada pelo cidadão baiano e a propaganda exibida pela gestão do PT na Bahia. "Tem que parar com essa enganação do governo que fica fazendo propaganda e não melhora a vida das pessoas", disse Roma, em entrevista à Rádio Canabrava, de Ribeira do Pombal, na quinta-feira (28).

Dois dias

O ministro Edson Fachin, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), deu prazo de dois dias para o PL explicar a origem dos recursos gastos com o impulsionamento de anúncios do presidente Jair Bolsonaro (PL) no YouTube. Nos dias 22 e 23 de julho, que antecederam a convenção que confirmou o chefe do Executivo como candidato à reeleição, o partido gastou R$ 742 mil para promover 15 peças publicitárias contendo o jingle "Capitão do Povo" na plataforma.

Inviável

O pré-candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes, afirmou que aceitaria apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) caso vá para o segundo turno contra o presidente Jair Bolsonaro (PL). Por outro lado, ele declarou que não vai se aliar ao petista se ficar de fora da segunda etapa da corrida eleitoral deste ano.

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 08 Fevereiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/