Defesa de Flordelis vai recorrer da condenação a 50 anos de prisão

BrasilJulgamento

Defesa de Flordelis vai recorrer da condenação a 50 anos de prisão

Ex-deputada foi considerada culpada pelo assassinato do pastor Anderson do Carmo 

Crédito: BRUNNO DANTAS/TJRJ

A defesa de Flordeliz, 61, vai acionar a justiça pedindo a anulação da condenação a 50 anos de prisão. AO julgamento chegou ao fim neste domingo, 13, e a ex-deputada foi  declarada culpada pelo assassinato do pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019.

Segundo a defesa, uma série de atos jurídicos sem validade seriam a justificativa para a anulação do julgamento.

"Vamos recorrer porque ocorreram diversas nulidades no decorrer do julgamento. Não consigo nem lembrar a quantidade", disse o advogado Rodrigo Faucz, que lidera a defesa da ex-deputada, em entrevista ao Estadão.

Ele apontou que duas das nulidades são absolutas e devem ser reconhecidas a qualquer tempo. Segundo o advogado, o Ministério Público citou um documento que a defesa não teve acesso.

Numa das situações, o MP fez menção a documento a que a defesa não teve acesso. O advogado explicou que, além de não estar em posse da defesa, o documento trata de procedimento da Vara de Infância e estava sob sigilo. "Portanto, não poderia ter sido usado", disse.

Ele apontou ainda que um assistente de acusação questionou o silêncio dos acusados no interrogatório, o que seria proibido pelo Código do Processo Penal.

A defesa tem até cinco dias para se manifestar ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 03 Março 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/