Justiça aceita denúncia e brasileiro acusado de matar esposa e filha no Japão vira réu

BrasilDuplo homicídio

Justiça aceita denúncia e brasileiro acusado de matar esposa e filha no Japão vira réu

Crime aconteceu em agosto de 2022 em Osaka, no Japão

Crédito: Giuliano Gomes/PR Press

A Justiça Federal do Paraná aceitou nesta terça-feira (15) a denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) contra Anderson Robson Barbosa, 34, por duplo homicídio. Ele é acusado de matar com golpes de faca a mulher, Aramaki Manami, 29, e a filha, Lily, 3, em agosto de 2022 em Osaka, no Japão.

Ele está preso na carceragem da Polícia Federal do Paraná desde 14 de julho, após ser encontrado na casa de uma amiga em São Paulo, quase um ano após o crime. A reportagem ainda não localizou a defesa do acusado.

Barbosa foi denunciado pelo "crime de duplo homicídio qualificado por motivo fútil, com emprego de meio cruel, que dificultou e impossibilitou a defesa das vítimas, e por ter matado a própria filha, menor de 14 anos de idade. Também qualificou o crime o fato de Anderson ter matado sua esposa no contexto de feminicídio, ou seja, de violência doméstica, e com menosprezo à condição de mulher".

Pela gravidade das acusações e pelo fato de Barbosa ter fugido do Japão e se escondido no Brasil, o órgão pediu a manutenção de sua prisão preventiva. "O MPF também requer a oitiva de testemunhas e peritos para fins de produção de todas as provas admitidas e a consequente condenação de Anderson Barbosa", destaca comunicado divulgado pelo órgão.

Após ouvir as autoridades japonesas envolvidas no caso, o MPF descreveu na acusação como se deu o duplo homicídio.

De acordo com o documento, "na manhã do crime, o denunciado, em pleno café da manhã, matou sua esposa com diversos e violentos golpes de faca em várias partes do corpo, diante da filha única do casal. Logo em seguida, para assegurar a impunidade do crime com sua fuga do Japão para se esconder no Brasil, matou de forma brutal a própria filha, também com golpes de faca".

"Após cometer os crimes, o acusado trancou o local e, em posse do celular da esposa, enviou mensagens para a mãe dela fingindo ser a vítima e falando que não fosse ao apartamento, com a intenção de ganhar tempo para fugir do Japão. Dois dias depois embarcou em avião no Aeroporto Internacional de Narita, em Tóquio, com destino ao Brasil", acrescenta.

De acordo com as investigações da polícia japonesa, a motivação dos crimes teria sido o desejo da esposa de terminar o relacionamento por causa do comportamento abusivo e violento do acusado. Barbosa, por sua vez, temia, com o fim do casamento, perder o visto de permanência no Japão, onde estava havia mais de nove anos. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 22 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/