Campanha Maio Laranja conscientiza contra o abuso e exploração sexual infantil

GeralAções

Campanha Maio Laranja conscientiza contra o abuso e exploração sexual infantil

Serão promovidas palestras, rodas de conversa, entre outras atividades.

Foto: Izinaldo Barreto/ Secom

A Prefeitura de Feira de Santana deu inicio as ações do Maio Laranja, campanha de conscientização e combate ao abuso e à violência sexual de crianças e adolescentes.

A Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDESO), o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Conselho Tutelar e demais instituições estão promovendo palestras, abordagens lúdicas, exibição de documentários, roda de conversa e outras atividades nos equipamentos dos CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) e em escolas municipais e estaduais da cidade e dos distritos.

A primeira ação ocorreu no início de maio. O CRAS do bairro Cidade Nova realizou uma caminhada com apitaço para chamar a atenção dos moradores sobre o assunto, que também receberam um material informativo. Uma equipe do Conselho Tutelar está promovendo uma palestra diária sobre o tema aberta à comunidade.

No dia 2, uma equipe especializada do CREAS se dirigiu até o Colégio Dispensário Santana, tendo como público-alvo estudantes de 12 a 16 anos, que assistiram a um vídeo sobre o tema: "violação de direitos de crianças e adolescentes". Os estudantes se informaram sobre o assunto e receberam um material informativo para levar para casa.

No próximo dia 15, às famílias acompanhadas pelo CREAS Ruth Gusmão Ribeiro - localizado no bairro Pedra do Descanso, irão assistir a uma apresentação sobre o assunto comandada pela equipe especializada do equipamento.

No CRAS do distrito de Humildes, pessoas que aguardavam atendimento na sala de espera foram abordadas para se informar e sensibilizar sobre o assunto. Na tarde de ontem (7), um documentário foi exibido para a comunidade. Nesta quinta (9) está programada uma palestra para os estudantes da Escola Maria do Carmo Góes. A programação segue até o fim do mês.

No dia 15 também está programada uma ação lúdica na Escola do Centro Comunitário da Associação Cristã Feminina. Uma equipe do Serviço de Convivência e Criança Feliz do CRAS da Lagoa Grande, irá se dirigir até a escola para conversar com os alunos sobre o assunto. Ocorrerá a leitura do livro "Não me Toca, seu Boboca!", momento de musicalização com "Meu corpo, Meu tesourinho", e a dinâmica do 'semáforo do corpo'.

A dinâmica do "semáforo do corpo" trabalha com as cores verde, vermelho e amarelo - em alusão ao semáforo de trânsito - para que as crianças aprendam em quais partes do corpo outras pessoas podem ou não tocar.

No CRAS do bairro George Américo será apresentado para a comunidade, no dia 13, um filme que foi lançado em 2023, e que conta a história real de um ex-agente especial do governo dos Estados Unidos que embarca em uma missão repleta de perigos para resgatar uma garotinha do tráfico internacional de crianças.

Distribuição de cartilhas, palestras com a presença de psicólogos, assistentes sociais e conselheiros tutelares, caminhadas, também serão realizadas pelo CRAS do George Américo ao longo deste mês.

No dia 28, os adolescentes atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do CRAS George Américo vão participar da 'dinâmica da flor', onde irão colocar dentro das pétalas, palavras que estão relacionadas com o tema abordado durante este mês.

No CRAS do bairro Pampalona serão distribuídos ao longo do mês, folhetos informativos sobre o tema, além da abordagem das pessoas que buscam ou recebem atendimento na unidade para a sensibilização do assunto.

Nesta semana foram realizadas a confecção de cartazes e roda de conversa sobre a campanha Maio Laranja nos grupos de mulheres e idosas no CRAS do bairro Queimadinha.

Palestras e rodas de conversa serão realizadas no CRAS do bairro Mangabeira, com a participação da equipe do CREAS. No dia 15, a assistente social Jaklene Cedraz abordará o tema "Violência Sexual na Infância e na Adolescência".

No CRAS do distrito de São José, rodas de conversas vão acontecer na escola municipal da localidade. Já no bairro Aviário, ocorrerá atividades na unidade local como forma de provocação social, com diálogos, palestras e oficinas temáticas com as famílias em acompanhamento no Serviço de Proteção e Atenção Integral à Família (PAIF) sobre a prevenção contra a violência sexual de crianças e adolescentes. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 15 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/