Censo 2022: indígenas na Bahia ultrapassam 36% do total de 2010

MunicípiosUm mês de pesquisa

Censo 2022: indígenas na Bahia ultrapassam 36% do total de 2010

Até então, 81.992 habitantes se declararam como indígenas

Crédito: Reprodução/Redes Sociais/Mupoiba/Rayhatã Pataxó

A população indígena da Bahia contabilizada no primeiro mês do Censo de 2022 já ultrapassou 36% a de todo o Censo de 2010, segundo dados divulgados pelo IBGE nesta segunda-feira (26). Até então, 81.992 habitantes no estado se declararam como indígenas, enquanto há 12 anos estes eram 60.120.

Em termos absolutos, a população indígena baiana passou a ser a segunda maior do país -- está atrás apenas daquela que já foi contada no Amazonas (152.218 habitantes).

Os agrupamentos de terras indígenas mapeados na Bahia passaram de 146 no Censo 2010 para 879 em 2020 -- um crescimento de 502% em 10 anos.

O levantamento inicial também indica que o estado tem a maior população de quilombolas do país: foram 116.437 mil pessoas contabilizadas em um mês. A quantidade equivale a 2,2% de todos os baianos que já foram recenseados no estado este ano.

No Brasil, se autodeclararam quilombolas um total de 386.750 pessoas, ou seja 3 em cada 10 entrevistados.

O Censo 2022 visitou mais da metade dos domicílios baianos e já contou com 5,2 milhões de pessoas no estado, informou o IBGE.

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 09 Dezembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/

Cron Job Iniciado