Gás de cozinha sofre quinto reajuste no ano a partir de 1 de agosto

MunicípiosAumento

Gás de cozinha sofre quinto reajuste no ano a partir de 1 de agosto

Botijão deve ficar entre R$ 6 e R$ 8 mais caro para o consumidor 

Crédito: Divulgação

O preço do gás de cozinha na Bahia vai aumentar mais uma vez. Foi anunciado nesta quinta-feira (28) o quinto reajuste no ano. 

A partir de segunda-feira (1) o botijão deve ficar entre R$ 6 e 8% mais caro, já que o reajusta aponta um aumento de 8,2%. A empresa responsável pela precificação é a Acelen, que administra a Refinaria Mataripe.

O primeiro reajuste aconteceu no início do ano, em fevereiro, quando o valor do produto chegou até R$ 120, de acordo com o sindicato dos revendedores de gás.

Ainda de acordo com o sindicato, na capital baiana e região metropolitana, o preço médio é de R$ 125, e com esse novo reajuste poderá passar de R$ 130. Em 2020, um botijão custava em média, R$ 68 no estado. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 04 Outubro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/