Lembrado nesta quinta (13), Dia de Santo Antônio terá feijoada e distribuição de pães

MunicípiosSalvador

Lembrado nesta quinta (13), Dia de Santo Antônio terá feijoada e distribuição de pães

Serão 240 refeições de feijoada completa, 210 para crianças e 30 para o corpo docente 

Imagem: Ana Uzêda/Divulgação

Nesta quinta-feira, 13 de junho, data em que é celebrado o Dia de Santo Antônio, feijoadas e quentinhas beneficentes serão distribuídas na capital baiana. Uma das ações acontece às 11h. São 240 refeições de feijoada completa – 210 para crianças e 30 para o corpo docente – na Escola Municipal Osvaldo Cruz, na Rua do Meio, no Rio Vermelho.

Neste mesmo dia, chef Tereza Paim e o Restaurante Casa de Tereza vão distribuirá 50 quentinhas, pelas ruas e igrejas de Salvador. O total final é de 80 kg de comida produzida. "Manter as tradições de nossa terra faz parte do meu trabalho, que faço com muito amor", afirma Tereza.

Outros 16 bares, restaurantes e lanchonetes do Centro Histórico darão a seus clientes, nesta quinta, o pãozinho de Santo Antônio. São eles: Axego, Boteco do Viajante, Cantina da Lua, Marrom Marfim e Tropicalia Gelato e Caffé, no Pelourinho; Cafeteria Nossa Senhora do Bom Café, Casa de Farinha, Fera Restaurante, Panificadora Santo Antônio, Poró, Varanda da Isa e Zanzibar, no Santo Antônio Além do Carmo; Bistrô 9, Feijoada da Ju e Restaurante São Miguel, no Mercado de São Miguel, na Baixa dos Sapateiros; e Bistrô Negreiros, no Largo da Saúde.

Além disso, no Bistrô Negreiros, no Largo da Saúde, a família Negreiros vai celebrar a sua Reza de Santo Antônio. "Tudo começou com meus avós, Flaviana e Filadelfo. Eles se casaram em uma pequena cidade do interior, onde a fé e as tradições eram parte fundamental do dia a dia", conta Carlos Henrique Negreiros.

A tradição da distribuição de pães de Santo Antônio após a missa surgiu a partir da prática do próprio santo padroeiro que alimentava os pobres e os doentes com os pães do convento onde morava e estes, por sua vez, alegavam ficar curados ao comê-los. Assim, surgiu a tradição de abençoar os pãezinhos durante as missas de Santo Antônio e distribuí-los ao povo.

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 14 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/