Prédio atingido por incêndio em Salvador foi cedido pela Petrobras para universidade e abrigou escola

MunicípiosInterdição

Prédio atingido por incêndio em Salvador foi cedido pela Petrobras para universidade e abrigou escola

 Ainda não há informações sobre a causa do incêndio.

O prédio atingido por um incêndio, na noite de domingo (5), na região de Águas de Meninos, em Salvador, foi cedido pela Petrobras à Universidade Estadual da Bahia (Uneb). As chamas destruíram dois andares onde funcionava o setor financeiro.

Ainda não há informações sobre a causa do incêndio. Computadores, documentos e mobílias foram destruídos por causa do fogo. Ninguém ficou ferido.

Até 2018, o prédio abrigava o Colégio Estadual Landulfo Alves. As chamas começaram por volta das 18h e foram controladas mais de duas horas depois.

Segundo informações apuradas pela reportagem da TV Bahia, o prédio abriga a área administrativa da Uneb. O local também é usado para aulas de alguns cursos de pós-graduação.

O prédio foi interditado por 72 horas e será periciado para saber se o incêndio foi criminoso. A Defesa Civil de Salvador (Codesal) também vai avaliar se a estrutura do edifício foi afetada.

O trabalho de combate às chamas foi acompanhado por motoristas e pessoas que passaram pelo local, mesmo com a região sendo atingida por uma forte chuva. O trânsito ficou congestionado na região.

"Fiquei assustado com esse incêndio. Em tempo de desabar tudo e a quentura estralar o reboco e a estrutura vir ao chão com várias pessoas passando", disse o motoboy João Assis.

Pescadores também foram ao local, com medo das chamas atingirem embarcações atracadas ao lado do prédio. Os barcos não ficaram queimados.

"A gente viu o fogo descendo de cima para baixo. Vim para saber se precisava tirar minha embarcação que fica ao lado do prédio", contou o pescador Jailton Neres.

Duas placas do Governo da Bahia instaladas na frente do prédio informavam que o edifício passava por obras. No entanto, ainda não há confirmação de que o incêndio foi causado pela manutenção no local.


Fonte: G1 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 16 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/