Bahia recebe reunião de Desenvolvimento do G20 Brasil 2024

PolíticaONU 2030

Bahia recebe reunião de Desenvolvimento do G20 Brasil 2024

Evento terá abertura oficial será na segunda-feira (27).

Representantes das maiores economias globais estarão na Bahia para debater pautas prioritárias como o combate à fome, à pobreza e a desigualdade, durante a primeira reunião com G20 Brasil entre os dias 27 e 29 de maio, no Centro de Convenções, em Salvador.

A reunião faz parte do Grupo de Trabalho (GT) de Desenvolvimento e terá abertura oficial será na segunda-feira (27), às 9h, com as presenças do sherpa (líder) do Brasil no G20, embaixador Mauricio Lyrio, e do diretor da Agência Brasileira de Cooperação, embaixador Ruy Pereira. O estado baiano ainda sediará outros encontros com os temas de Saúde (2 a 6 de junho) e Cultura (4 a 6 de novembro).

"Durante estas reuniões técnicas e ministeriais do G20, na Bahia, iremos receber representantes das maiores economias do mundo, são 19 países, além da União Africana e a União Europeia. Uma oportunidade para debater e conhecer as estratégias mundiais, mas também para mostrar os potenciais e ações que fazem nosso estado avançar no desenvolvimento econômico e na qualidade de vida dos baianos e baianas", ressalta o governador Jerônimo Rodrigues.

Para receber as delegações do G20, que virão de várias partes do mundo, a Secretaria Estadual de Turismo (Setur) fará, no dia 26, um receptivo com apresentações culturais, no Aeroporto Internacional de Salvador. Durante o evento no Centro de Convenções também está prevista uma apresentação com o tema Dança dos Orixás, demonstrando mais um pouco da riqueza cultural da Bahia, além de um passeio turístico para o Pelourinho.

O Brasil assumiu a presidência do G20 em 1º de dezembro de 2023, pelo período de um ano, e colocou na pauta três prioridades, sendo o combate à fome, à pobreza e a desigualdade; as três dimensões do desenvolvimento sustentável (econômica, social e ambiental) e a reforma das instituições de governança global. Na capital baiana, o Grupo de Trabalho irá apresentar estudos durante o encontro, incluindo políticas de inclusão para Mulheres e Grupos Marginalizados, combate à pobreza infantil e as desigualdades por meio de políticas inclusivas e redução das desigualdades raciais no mundo do trabalho.

"Dentro do marco de redução das desigualdades, um tema com destaque é a igualdade étnico-racial, o que o Brasil adota voluntariamente como um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030. Nesse contexto, a Bahia, com uma das maiores populações negras do país e grande presença africana, é o lugar ideal para tratar desses temas e mostrar para os membros do G20 a importância de promover políticas de inclusão e diversidade", ressalta Celeste Cristina, diplomata coordenadora do Grupo de Trabalho de Desenvolvimento do G20.

A Agenda 2030 é um plano global adotado pela ONU em 2015, com 17 ODS e 169 metas que visam a erradicar a pobreza, proteger o planeta e assegurar prosperidade para todos até o ano de 2030. Essa será a 3ª reunião do GT de Desenvolvimento sob a presidência brasileira, que já realizou uma reunião virtual, uma reunião em Brasília e irá finalizar com um encontro ministerial no Rio de Janeiro, passando, assim, pelas três capitais do Brasil.

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 24 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/