Ex-deputado é condenado por apalpar seios de parlamentar em sessão na Alesp

PolíticaSão Paulo

Ex-deputado é condenado por apalpar seios de parlamentar em sessão na Alesp

Caso ocorreu em dezembro de 2020 

Crédito: Reprodução/TV Alesp

O ex-deputado estadual de São Paulo, Fernando Cury, foi sentenciado a um ano e dois meses de prisão de reclusão em regime aberto por importunação contra a parlamentar Isa Penna (PCdoB). O caso ocorreu em dezembro de 2020 na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

A condenação ocorreu nesta quarta-feira (12). A juíza Teresa Maria de Almeida Magalhães, da 18ª Vara Criminal da Barra Funda, substituiu a sentença por prestação de serviços comunitários e pagamento de 20 salários mínimos.

Na decisão, a magistrada informou que os requisitos para decretação de prisão preventiva não estão configurados.

Na época do ocorrido, Fernando Cury se aproximou da colega e a abraçou pelas costas. Isa Penna afirmou que o então deputado teria apalpado seus seios e nádegas. O momento foi registrado por câmeras da Alesp.

Cury teve o mandato suspenso por unanimidade em abril de 2021, em uma decisão inédita. Ele chegou a ser expulso também do partido, o Cidadania.

O Ministério Público de São Paulo pediu a condenação do ex-parlamentar. A pena solicitada pelo órgão foi de cinco anos. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 15 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/