Forças Armadas são autorizadas a atuar nas Eleições 2022

PolíticaSaiba mais

Forças Armadas são autorizadas a atuar nas Eleições 2022

Medida é usual, mas ocorre num contexto de tensão entre o presidente Bolsonaro e o TSE

Crédito: Divulgação

Decreto publicado nesta sexta-feira (12), no Diário Oficial da União, autoriza o uso das Forças Armadas nas eleições deste ano, com o objetivo de assegurar a votação e a apuração dos votos. A informação é da coluna de Guilherme Amado, do site Metrópoles.

Assinam o documento o presidente Jair Bolsonaro e os ministros da Defesa, general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, e do gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno.

A medida é comum em ano eleitoral, embora no caso destas eleições a participação dos militares ganhe outra dimensão. Bolsonaro tem insistido em utilizar as Forças Armadas para fiscalizar o processo eleitoral, colocando em dúvida a integridade das urnas eletrônicas, o que não tem nenhum previsão legal na Constituição Federal.

A relação entre o comando militar e o Tribunal Superior Eleitoral ainda tensa, principalmente depois que a Corte excluiu o coronel do Exército Ricardo Sant'ana da equipe indicada pelo Ministério da Defesa. Ele foi apontado como divulgador de fake news sobre as urnas eletrônicas nas redes sociais.

Após esse episódio, mais nove militares foram indicados para compor a comissão das Forças Armadas. O TSE ainda não respondeu se vai aceitar o pedido. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 30 Setembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/