Sem ACM Neto, debate na Bahia vira palco para defesa e ataques a Lula e Bolsonaro

PolíticaBahia

Sem ACM Neto, debate na Bahia vira palco para defesa e ataques a Lula e Bolsonaro

Temas importantes para o Estado como Segurança Pública, Saúde e Educação foram discutidos

Sem a presença do candidato ACM Neto (União Brasil), que aparece como líder nas pesquisas, o primeiro debate entre governáveis baianos, na emissora Band Bahia, acabou sendo palco para defesa e ataque aos presidenciáveis Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL). E críticas ao candidato ausente.

ACM Neto tem reafirmado a estratégia de manter-se longe da polarização nacional. Durante a convenção, que aconteceu na sexta-feira, 5, disse que está disposto a conversar com "todo mundo".

No debate, restou aos candidatos Jerônimo Rodrigues (PT), João Roma (PL) e Kleber Rosa (PSOL) defenderem suas candidaturas respaldando seus candidatos à Presidência.

Temas importantes para o Estado como Segurança Pública, Saúde e Educação foram discutidos, mas sempre com remissão ao âmbito federal.

O candidato psolista, Kleber Rosa, não poupou críticas ao governo Rui Costa (PT) e pediu votos para Lula. João Roma aproveitou o tempo não só para apontar defeitos no atual governador baiano e ao ex-prefeito ACM Neto, mas também para defender ações do governo Bolsonaro. E Jerônimo Rodrigues defendeu o legado de Rui Costa e pediu votos a Lula.

João Roma disse que ACM Neto é "candidato oficioso do PT" e "tem procurado José Dirceu para fazer entendimento com o PT na Bahia". O comentário foi feito como resposta a Jerônimo Rodrigues.

"Ele [ACM Neto] tem uma relação que busca ser um amante do presidente Bolsonaro, quer as benesses, mas não anda de mão dada no shopping. E, ultimamente, temos observado que ele tem procurado até Zé Dirceu, seu aliado [de Jerônimo] para fazer entendimento com o PT aqui na Bahia. Na verdade, ele é vítima do politicamente correto, ele não sabe se é carne ou peixe", disse João Roma.

ACM Neto não compareceu ao primeiro debate com os governáveis da Bahia e, por isso, não pode responder. Ele alegou compromissos de campanha já agendados e sugeriu que as emissoras criem um pool para três grandes debates. "São centenas de pedidos de entrevistas e debates. A organização dos veículos em pool seria a melhor opção, na minha opinião", disse em nota.

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 02 Outubro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/

Cron Job Iniciado