Família é sequestrada e obrigada fazer PIX para criminosos na Bahia

SegurançaBarra de Pojuca

Família é sequestrada e obrigada fazer PIX para criminosos na Bahia

Dois suspeitos foram presos com uma pistola e pelo menos outros três conseguiram fugir

Crédito: Reprodução/PM

Uma família de quatro pessoas foi sequestrada e mantida em cárcere privado na madrugada desta quarta-feira (21), em Barra de Pojuca, no município de Camaçari. O homem, a esposa e o casal de filhos foram resgatados por policiais durante a madrugada. A família informou aos policiais que os cinco sequestradores estavam armados e os obrigaram a fazer transferências de dinheiro via PIX. Dois suspeitos acabaram presos.

Assim, o resgate e a prisão foram efetuados por policiais militares do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) e da 59ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Arembepe). Os agentes realizavam patrulhamento na Rua da Cascata, quando encontraram uma motocicleta abandonada e escutaram sussurros suspeitos vindos do interior de uma residência.

Com isso, segundo a Polícia, ao se aproximarem do imóvel, os agentes foram surpreendidos por disparos de arma de fogo. Houve revide e, durante a troca de tiros, alguns suspeitos conseguiram fugir em direção a um matagal. Dentro da casa, foram encontrados e detidos dois suspeitos, com uma pistola calibre 9mm. A família foi encontrada amarrada.

Dessa forma, os dois suspeitos foram conduzidos para a 33ª DT/Monte Gordo e, após registro, a ocorrência foi apresentada no Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) para a adoção das medidas cabíveis.
 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 02 Outubro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/

Cron Job Iniciado