Polícia Civil desarticula esquema fraudulento em órgãos públicos

SegurançaFraude

Polícia Civil desarticula esquema fraudulento em órgãos públicos

Na casa da suspeita, os policiais localizaram cartões bancários e celulares, que serão encaminhados à perícia.

Foto: Ascom-PC
A Operação SAC, deflagrada pela Delegacia Estadual de Combate à Corrupção (Deccor), nesta terça-feira (16), desarticulou um esquema fraudulento e identificou uma mulher suspeita de estelionato que se passava por servidora pública e vendia ilegalmente postos de trabalho em órgãos estaduais.

Na casa da suspeita, no bairro de Patamares, em Salvador, onde foram cumpridos mandados de busca e apreensão, os policiais localizaram cartões bancários e celulares, que serão encaminhados à perícia.

Contumaz na prática criminosa, a mulher já foi funcionária terceirizada do Departamento de Polícia Técnica (DPT), depois de ser aprovada no Processo Seletivo Simplificado do Regime Especial de Direito Administrativo (Reda). Ela utilizava uma camisa preta com a identificação de perito técnico para ter acesso aos órgãos públicos. As investigações apontaram que a estelionatária já lesou mais de dez pessoas.

"As contas bancárias da investigada foram bloqueadas. Também representamos pelas quebras dos sigilos bancários e fiscal da suspeita. As investigações seguem em curso, visando identificar a participação de servidores e de terceiros na fraude, bem como na identificação do destino dos valores angariados no delito", explicou a titular da Deccor, delegada Larissa Laje. 


Fonte: Polícia Civil da Bahia

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 24 Mai 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/