Ponto e Vírgula 09/07/2024

Ponto e VírgulaOpinião

Ponto e Vírgula 09/07/2024

Sobe - Jovens baianos por criarem enxaguante bucal à base de própolis e barbatimão.

Desce - Seleção Brasileira por deixar a Copa América com derrota.

Amigo da cultura

Identificado em Feira de Santana como um "amigo da cultura feirense", devido às parcerias e incentivos direcionados a organizações, eventos e artistas locais, o secretário de Cultura da Bahia, Bruno Monteiro, deverá ser homenageado pelo Poder Legislativo com o título de Cidadania e a Comenda Maria Quitéria. Os projetos, concedendo as honrarias, estão em tramitação na Câmara Municipal, a pedido dos vereadores Professor Ivamberg e Silvio Dias, ambos integrantes do Partido dos Trabalhadores (PT). Conforme destacam os parlamentares, desde que assumiu a direção da pasta cultural, as cidades baianas, produtoras de bens materiais e simbólicos, passaram a contar com a sensibilidade e presença do gestor, constantemente. "E foi neste espaço de estreitamento profissional, atraído pela diversidade e potencial de nossa cultura, que aconteceu o encontro dele com o nosso município", afirmam os autores da homenagem. Natural de Porto Alegre (RS), Bruno é jornalista, gestor e produtor cultural.

Relatório
A Polícia Federal (PF), entregou na sexta-feira (5), ao Supremo Tribunal Federal (STF), o relatório da investigação na qual o ex-presidente Jair Bolsonaro e mais 11 pessoas foram indiciados no caso das joias sauditas. A entrega foi feita pessoalmente por representantes da corporação no protocolo de processos da Corte. A investigação apurou o funcionamento de uma organização criminosa para desviar e vender presentes de autoridades estrangeiras durante o governo Bolsonaro. Entre os indiciados estão o tenente-coronel Mauro Cid, o pai dele, general de Exército Mauro Lourenna Cid, Osmar Crivelatti e Marcelo Câmara, ex-ajudantes de ordens de Bolsonaro, e Fábio Wajngarten e Frederick Wassef, advogados do ex-presidente.

Homenagem
O desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia, José Soares Ferreira Aras Neto, nascido em Salvador, terá a cidadania feirense reconhecida pela Câmara Municipal, por iniciativa do vereador Edvaldo Lima (UB). Com um vasto currículo acadêmico nas áreas de Direito e Educação, o homenageado é especialista em Direito Público e tem diversos livros publicados, atributos citados pelo autor para justificar a proposta. Professor, diretor pedagógico do Centro de Estudos Jurídicos e palestrante, José Soares Ferreira Aras Neto é também vice-diretor da Universidade Corporativa do Tribunal de Justiça da Bahia (UNICORP-TJBA). "Sua trajetória profissional e contribuições sociais merecem ser reconhecidas e celebradas pela comunidade feirense", afirma Edvaldo Lima, que destaca "o compromisso exemplar com a aplicação da Justiça" do desembargador.

Dirceu
O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu (PT), classificou a sua condenação no processo do mensalão como "a primeira grande fake news do Brasil" durante uma entrevista a um telejornal da Bandnews, no domingo (7). Preso em 2013 por ser considerado um dos líderes do esquema, Dirceu teve sua pena perdoada em 2016 por decisão do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF). O político foi condenado a 7 anos e 11 meses após ser apontado como responsável do esquema de pagamento de mesadas a parlamentares para garantir o apoio de projetos do governo Congresso Nacional entre 2003 e 2004. Ao longo da entrevista, Dirceu alegou que a sua prisão foi uma tentativa de tirá-lo do meio político-institucional, no momento que ele "podia entrar na linha sucessória do
presidente Lula".

Lira
Cobiçada pelos candidatos à sucessão de Arthur Lira (PP-AL), na presidência da Câmara, a bancada do PL, que conta com 95 parlamentares, negocia para ocupar a Mesa Diretora da Casa, a partir do ano que vem. De acordo com a reportagem do jornal O Globo, Altineu Côrtes (PL-RJ), citado como possível nome a ser lançado pelo partido no primeiro turno da disputa, agora surge como trunfo para que a sigla do ex-presidente Jair Bolsonaro abra mão da disputa e conceda o apoio a um dos nomes do páreo, como Elmar Nascimento (União-BA), Antônio Brito (PSD-BA) e Marcos Pereira (Republicanos-SP).

Regulação IA
A comissão temporária sobre inteligência artificial (CTIA), do Senado Federal, deve votar hoje (9), o projeto de lei que regulamenta a Inteligência Artificial no Brasil. A proposta pretende regulamentar princípios e direitos sobre o tema, além de regras para uso e fiscalização da tecnologia. Os membros do colegiado votarão o texto alternativo do relator, o senador Eduardo Gomes (PL-TO), em substituição ao Projeto de Lei (PL) 2.338/2023,

do senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e a outras nove propostas que tramitam em conjunto. 

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 25 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/