Polícia prende suspeitos da morte do congolês Moïse no Rio de Janeiro

BrasilViolência

Polícia prende suspeitos da morte do congolês Moïse no Rio de Janeiro

Eles devem responder por homicídio duplamente qualificado

Crédito: Divulgação

Três homens foram presos nesta terça-feira (1) pelas Agressões que levaram à morte do congolês Moise Kabamgabe em um quiosque na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Segundo a polícia, um dos presos é vendedor de caipirinhas na praia e foi preso em Paciência, também na Zona Oeste. Ele foi identificado apenas como Fábio Silva.

Ainda segundo a polícia, Fábio estava escondido na casa de parentes e confessou aos agentes que deu pauladas no congolês. À tarde, outro homem que também afirmou ter cometido as agressões também se apresentou e foi levado para a Delegacia de Homicídios do Rio. Já o terceiro preso não foi identificado pela polícia até o momento.

A polícia apreendeu uma arma usadas no crime: uma barra de madeira, que tinha sido descartada em um mato perto do local do crime, segundo o delegado Henrique Damasceno, da Delegacia de Homicídios.

De acordo com o delegado, eles devem responder por homicídio duplamente qualificado, impossibilidade de defesa e meio cruel. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 03 Fevereiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/

Cron Job Iniciado