Projeto transforma Parque de Exposição de Feira de Santana em espaço multiuso

ExpofeiraProposta

Projeto transforma Parque de Exposição de Feira de Santana em espaço multiuso

A questão foi discutida em uma sessão especial na Câmara

Crédito: CMFS

A ideia de transformar o Parque de Exposição João Martins da Silva em um espaço multiuso destinado a eventos envolvendo os mais variados segmentos, especialmente o agronegócio, começa a tomar forma. Na manhã desta terça-feira (26), a questão foi discutida em uma sessão especial, quando várias propostas foram apresentadas por representantes do Governo Municipal, como parte de um projeto de concessão ao SENAR/CNA, que prevê inclusive a implantação de uma Escola de Equideocultura e um Hospital Veterinário. 

Realizada por iniciativa do vereador Jurandy Carvalho (PL), a sessão reuniu dirigentes de diversas entidades representativas de pecuaristas, produtores rurais e promotores de eventos como cavalgadas. Ele defendeu a importância de discutir as propostas de modernização do Parque de Exposição de forma ampla. "É preciso ouvir a sociedade, as representações das entidades e lembrar que Feira de Santana nasceu da feira de animais, sua história é ligada à agricultura e à pecuária", destacou. 

De acordo com o vereador, que voltou a defender a realização da Expofeira, o parque é um espaço importante não apenas para promover o comércio de animais, mas movimentar a economia do município e da região. É exatamente esse o foco do estudo preliminar apresentado pelo arquiteto Arcênio Sampaio. "Inicialmente, um espaço multiuso, não só para o agronegócio, mas contemplando outros segmentos produtivos, como uma escola padrão do SENAR, a sede da Guarda Municipal, áreas para eventos itinerantes e para a Agricultura Familiar", adiantou. 

O projeto ainda não está pronto, mas muitas previsões já foram sinalizadas, como o Centro de Equideocultura Nacional e o Hospital Veterinário para animais de grande porte, conforme citou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Sebastião Cunha. "Será a única escola do Brasil de equinocultura. Temos em Feira e arredores em torno de 2.500 baias. Animais de marcha e para esporte", pontuou Sebastião. O projeto contempla ainda o setor de Agricultura Familiar e instalação de parques de diversões, áreas de convivência e para prática de atividades esportivas. O secretário destacou que "tudo vai passar pela Câmara".

O secretário de Agricultura, Pedro Américo (União Brasil), reafirmou a necessidade do processo de passar por uma ampla discussão com a sociedade. "A proposta básica da secretaria é a construção de um novo modelo para o espaço", disse. A iniciativa foi elogiada por representantes de várias entidades, dentre as quais o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais, Joelmo Figueiredo, que garantiu apoio ao projeto. Também se manifestaram durante a sessão os vereadores Silvio Dias (PT), Paulão (PSC) e Jhonatas Monteiro (PSOL), além de várias pessoas que ocuparam o plenário e a galeria. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 25 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/