Técnico do Feirense reflete sobre desafios e aprendizados da temporada

EsportesFutebol

Técnico do Feirense reflete sobre desafios e aprendizados da temporada

Souza Brito se despede da Série B do Baiano com foco em 2024 

Foto: Lucas Lopes/Raiz Imagens

Feira de Santana Notícias 24h - Faltando apenas uma rodada para o fim da fase de classificação da Série B do Campeonato Baiano, o Feirense viu suas chances de avançar se dissiparem com a derrota por 2 a 1 diante do Vitória da Conquista no último domingo (7), no estádio Joia da Princesa. 

A equipe agora se prepara para enfrentar o já classificado Grapiúna, buscando ao menos encerrar a campanha com vitória.

Desafios e Aprendizados

Em entrevista exclusiva ao portal Folha do Estado, o técnico do Feirense, Souza Brito, refletiu sobre os desafios e aprendizados ao longo da competição. "Esperei muito por um convite como esse do Feirense, sabia que era desafiador, pensei de forma macro e aceitei. No início, tive bastante dificuldade com mais de 150 atletas que foram avaliados. Não tive muito tempo para olhar mais atletas do município. Já sabia que tinha capacidade, pois me preparei. Implantei a metodologia de trabalho, metodologia de treinamento e conceitos táticos de jogo. Foi um time mesclado com jogadores novos e experientes da cidade. Feira é um celeiro de jogadores onde precisamos olhar mais para esses atletas", disse.

📱 FEIRA DE SANTANA NOTÍCIAS 24H: faça parte do canal do Folha do Estado no WhatsApp

A Experiência no Grupo

Souza Brito destacou a composição do grupo. "Dentre os jogadores experientes tinha Bruninho, Jarbas, Janilson, Welton dentre outros. Vieram alguns de fora, e aí nos juntamos e conseguimos iniciar a competição. Acredito que em menos de 1 mês até a quarta rodada, já estávamos com a ideia de jogo bem definida, com conceitos táticos. Mas infelizmente a bola não entrou, observei nos jogos, criamos bastante e sempre propondo o jogo, mas sabemos que o futebol sempre será resultado", ressaltou.

Positivos e Negativos

O treinador também comentou sobre os aspectos positivos e negativos. "Pontos positivos foram a entrega dos atletas, assimilar os treinamentos e ideias de jogo em pouco tempo. O ponto negativo foi a tristeza por não conseguir o acesso, mas irei continuar potencializando e aprimorando, pois fico motivado quando falo de futebol. Tiro o chapéu para o presidente Artur Cordeiro e Adailton José, são homens de excelência, de palavra e confiaram no meu trabalho. Gratidão aos dois", pontuou.

Planos Futuros

Sobre o futuro, o jovem treinador revelou que recebeu uma proposta durante a competição para ser auxiliar de um clube da Série D, mas optou por permanecer no Feirense. "Agora é disputar a última partida contra o Grapiúna. Já sabia, mas agora tenho a confirmação de que estou pronto para outros desafios", afirmou.

Agradecimentos Finais

No encerramento da entrevista, Souza Brito expressou gratidão. "Agradeço mais uma vez a todos jogadores, a rapaziada do apoio, e ao presidente Artur Cordeiro e Adailton José. Assim, descobri um novo profissional que futuramente será uma revelação na preparação física em Feira. O nome dele é João Vitor, anotem esse nome. Obrigado a todos vocês da imprensa e a todo carinho dos torcedores, meu muito obrigado".





 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 25 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/