Urnas eletrônicas começam ser equipadas para eleições de 2022 na Bahia

PolíticaEleições 2022

Urnas eletrônicas começam ser equipadas para eleições de 2022 na Bahia

A informação foi divulgada pelo TRE-BA na segunda, 19

Crédito: Divulgação

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) iniciou, nesta segunda-feira (19), a inseminação das urnas eletrônicas que serão utilizadas nas Eleições Gerais deste ano. A etapa consiste na instalação dos sistemas eleitorais e inserção dos dados de eleitores e candidatos nos equipamentos de votação. Em todo o estado, conforme cronograma disponível no site do Regional baiano, a atividade deverá ser encerrada até 29 de setembro. Na capital, o trabalho segue até terça-feira (27).

Nesta fase, é também feita a lacração, com a colocação de lacres físicos, que garantem a inviolabilidade das urnas eletrônicas. Em Salvador, o procedimento acontece no Centro de Apoio Técnico (CAT) do TRE-BA. A saber, a abertura dos trabalhos contou com a presença do presidente do Órgão, desembargador Roberto Maynard Frank, que comentou sobre as iniciativas de segurança previstas para as Eleições Gerais no estado. "Temos formulado, junto com as forças de segurança estaduais, um planejamento de segurança e contingenciamento bastante eficaz. Teremos mais de 30 mil policiais militares e contaremos com todo o efetivo da polícia civil. Com certeza, teremos um ambiente de tranquilidade para que o eleitorado participe da festa da democracia", destacou.

Além do desembargador, também estiveram no CAT os juízes e promotores da 1ª, 4ª, 10ª e 18ª zonas eleitorais, o desembargador eleitoral substituto Marcos Ledo, coordenador do Plano de Segurança das Eleições, a secretária-geral da Presidência, Thais Habib, a secretária Judiciária de 1º Grau, Hercília Barros, a secretária de Auditoria Interna, Catiuscia Dantas e o secretário de Tecnologia da Informação e Comunicação, André Cavalcanti.

No interior do estado, a atividade ocorre nos cartórios eleitorais, nos polos de informática ou em outros locais determinados pelos juízes eleitorais.

Na Bahia, cerca de 39 mil urnas passarão pelo processo até o dia 29 de setembro - prazo final para preparação dos equipamentos. Na capital, aproximadamente 5 mil urnas receberão as cargas. "Após a finalização do processo, todas as entradas das urnas são lacradas, com nove lacres produzidos pela Casa da Moeda, para que as urnas sejam utilizadas apenas no dia da eleição", reforçou o secretário.
 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 22 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/