Ministério da Justiça divulga relatório sobre crianças desaparecidas e localizadas

Segurançacrianças desaparecidas

Ministério da Justiça divulga relatório sobre crianças desaparecidas e localizadas

Dados são referentes ao ano de 2022 e são recortados por sexo, raça, cor e regiões

Foto: Agência Gov | Via MJSP

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) divulgou o Relatório Estatístico Anual de Crianças Desaparecidas e Localizadas, na sexta-feira (14). Os dados são referentes ao ano de 2022 e são recortados por sexo, faixa etária, raça/cor e por regiões. O principal objetivo do documento é compreender a fundo os padrões, causas e áreas de maior incidência dos desaparecimentos de crianças. A partir disso, será possível elaborar estratégias mais específicas e eficazes para prevenir que mais casos aconteçam.

Conforme o relatório, foram 2.169 crianças desaparecidas em 2022, uma média de seis casos por dia. Desse total, 55,5% foram meninos e 45,4%, meninas. A região Sudeste foi a que apresentou o maior índice, com 37,39% dos casos, seguida pelas regiões Sul (23,88%), Nordeste (17,15%), Centro-Oeste (15,63%) e Norte (5,94%).

No mesmo período, foram localizadas 1.237 crianças, correspondente a uma média de três por dia, sendo que 54,2% foram meninos e 45,7%, meninas. A Região Sul foi a que teve maior taxa de localizações, com 42,04% do total, seguida pelo Sudeste (30,72%), Centro-Oeste (12,93%), Nordeste (9,7%) e Norte (4,61%). Veja o documento na íntegra (link)

Conforme a coordenadora de Políticas sobre Pessoas Desaparecidas da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp/MJSP), Iara Sennes, um dos objetivos do MJSP é reduzir as subnotificações dos casos de pessoas localizadas, pois em muitos deles, as autoridades não são comunicadas e a ocorrência de desaparecimento segue aberta: "Estamos elaborando estratégias junto às autoridades centrais de busca de pessoas desaparecidas, que são os pontos focais indicados pelos governadores para articular políticas de pessoas desaparecidas e otimizar os dados que produzimos", afirmou.

Por: Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 14 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/